quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Especialistas em segurança afirmam

Especialistas em segurança afirmam que roubar senhas do Windows 8 é muito fácil

Por Redação em 19.11.2012 13h35
0
RSS
Hacker
Especialistas já começaram a encontrar falhas na segurança do Windows 8. Eles descobriram que roubar as senhas dos usuários do software é extremamente fácil.
O pessoal do Ars Technica explicou onde está a vulnerabilidade do sistema. De acordo com especialistas em segurança, que testaram os recursos do desenvolvedor ainda no pré-lançamento do Windows 8, a criptografia que o sistema está utilizando para armazenar senhas pode ser revertido.
Por meio de um procedimento simples, hackers conseguem converter as senhas do usuário em um arquivo de texto. Porém, os especialistas também afirmam que descobrir as senhas do sistema não é o pior dos problemas, desde que você não possua nenhuma informação importante desprotegida em sua máquina.
O pesquisador de segurança, Adam Caudill, alerta para um fato muito importante: o descuido das pessoas com a criação de suas senhas. "O maior risco que eu vejo é a probabilidade de reutilização da senha, porque as pessoas são muito ruins para escolher boas senhas, e elas tendem a reutilizá-las várias vezes", disse Adam.
Em resposta a isso, um porta-voz da Microsoft disse ao Softpedia que o Windows 8 é um ambiente muito seguro de trabalho e que não armazena nenhuma senha em arquivos de texto.
"A Microsoft trata a privacidade e os dados de seus usuários como uma prioridade. Fazemos muitas coisas aqui, e como parte disso, é claro que não armazenamos senhas em arquivos de texto simples. Além disso, fazemos grandes investimentos na prevenção contra hackers que possam acessar os seus dados", completou o porta-voz.


Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/windows-8/Especialistas-em-seguranca-afirmam-que-roubar-senhas-do-Windows-8-e-muito-facil/#ixzz2CtnFttcE
O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário