quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Programa Água para Todos avança no Maranhão

Cerca de 210 famílias dos povoados de Codó receberam a visita de representantes do comitê gestor estadual do Programa Água para Todos, implantado no Maranhão pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf).
As visitas aconteceram nas comunidades de Corujão I, Alto Bonito, Tuturubá, Boa Esperança, Santo Antônio, Pedra Preta, Lagoa Citi, São José de Pinho e Coco Limpo. “Para garantir o perfeito funcionamento e uso adequado das cisternas, são necessárias visitas às residências das famílias beneficiadas, para orientá-las quanto à utilização da água sem desperdício e instruções para a manutenção dos reservatórios”, informa a Assistente Social Regina Almeida, que integrou a comitiva juntamente com a Engenheira Agrônoma Idália Soares.
Nos povoados de Codó já foram entregues 290 cisternas e outras 472estão sendo instaladas. As cisternas são de polietileno e possuem capacidade para armazenamento de 16 mil litros de água, que será captada das chuvas por meio de calhas instaladas nas casas.
As comunidades de Locas e Atijolado, ambas pertencentes ao município de Arari, também receberam as primeiras cisternas do programa. Inicialmente estavam previstas 370 cisternas para Arari, mas, com a demanda apresentada pelo município, devem ser instaladas cerca de mil cisternas, conforme anunciou o Secretário da Sagrima, Cláudio Azevedo, durante evento de lançamento do programa em Arari, que também contou com a presença do Secretário Chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva e do superintendente estadual da Codevasf, João Batista Martins.
No Maranhão, o Programa Água para Todos será executado em 149 municípios que estão localizados nas bacias hidrográficas do Mearim, Parnaíba e Itapecuru, áreas de influência da Codevasf. Nos outros 68 municípios a gestão do programa é feita pelo Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes).
Das 4.302 cisternas previstas inicialmente para serem instaladas no estado através da Codevasf, cerca de 1.300 já foram implantadas nos municípios de Matões do Norte, Cantanhede, Codó, Arari e São Mateus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário