quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Sebrae abre inscrições para processo seletivo

São dez vagas para profissionais com nível técnico, superior e pós-graduação.
Agência Sebrae

BRASÍLIA - O Sebrae Nacional abriu processo de seleção para contratar profissionais de nível médio (assistente), superior (analista técnico I) e pós-graduados (analista técnico II) em diversas áreas de conhecimento. As vagas são para profissionais com experiência nas áreas de Licitações e Contratos, Auditoria, Educação, Políticas Públicas, Tecnologia da Informação, Call Center, dentre outras.
Para participar, os interessados devem se inscrever na página da Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura (Fapetec) até o dia 6 de dezembro. A taxa de inscrição para o cargo de assistente é de R$ 50 e para analistas I e II, de R$ 100. O prazo final para o pedido de isenção da taxa de inscrição é 30 de novembro.
Estão sendo oferecidas dez vagas com salários de R$ 2.550,81 para assistentes, R$ 4.545,21 para analistas I e entre R$ 7.513,69 a R$ 9.448,62 para analistas II. Os profissionais contratados serão regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e a jornada é de 40 horas semanais.
Além do salário, os selecionados contam com benefícios como: assistência médico-hospitalar e odontológica, plano de previdência privada, vale-transporte, auxílio-educação, seguro de vida e auxílio-alimentação ou refeição.
Sete dos dez cargos em disputa serão ocupados por tempo determinado de um ano, podendo ser o contrato prorrogado por mais um ano. No entanto, os colaboradores em regime temporário poderão permanecer no Sebrae após o prazo final. Para isso, serão levados em consideração fatores como número de vagas, orçamento da instituição e interesse das partes.
Por ser classificada como pessoa jurídica de direito privado de "serviço social autônomo", o Sebrae não precisa realizar seleção pública nas contratações de seus funcionários. No entanto, a instituição adota o modelo para garantir a transparência do processo seletivo.
A primeira etapa é a análise do currículo do candidato. Os selecionados participam então de outras duas fases, que incluem provas de conhecimentos específicos e situacionais. Na primeira, os candidatos devem demonstrar conhecimentos em Língua Portuguesa, informática, pequenos negócios, Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, Microempreendedor Individual (MEI) e, para alguns cargos, língua estrangeira.
Avaliação
Os dez melhores classificados serão submetidos à prova técnica-situacional, que consiste de questionamento oral. Os candidatos serão avaliados individualmente, durante 30 minutos, por uma banca composta por três profissionais.
Não há vagas reservadas aos profissionais portadores de necessidades especiais, que disputam em igualdade de condições com os demais candidatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário