domingo, 2 de dezembro de 2012

13 corpos dão entrada no IML, nas últimas horas, em São Luís

 

Entre as causas dos óbitos, acidentes de trânsito, afogamento e armas de fogo.
 
Foto: Biaman Prado/O Estado do Maranhão
SÃO LUÍS - 13 mortes foram registradas, nas últimas horas, no Instituto Médico Legal (IML), em São Luís. Segundo informações da Rádio Mirante AM, as causas dos óbitos foram arma de fogo, arma branca, acidente de trânsito e afogamento.

Luan da Silva foi vítima de acidente em Santa Inês. Foi encaminhado ao Socorrão I, mas não resistiu. O morador da Vila Itamar, identificado como ‘Francisco’, foi vítima de arma de fogo e, também, foi encaminhado ao Socorrão I, mas não resistiu.

Raimundo Nonato Amorim, vítima de arma de fogo, foi levado ao Socorrão I, mas não resistiu aos ferimentos.

Walber de Jesus foi vítima de acidente de trânsito, em frente ao Hotel Luzeiros, neste sábado (1º).

Uma criança de um ano e quatro meses foi vítima de afogamento, também, na tarde deste sábado.

Um cadáver, ainda não identificado, foi achado na Avenida São Luís Rei de França, próximo a Faculdade Fama.

Letícia Jane Silva, de 26 anos, foi perfurada por uma faca e encaminhada ao Socorrão I. Porém, a jovem não resistiu aos ferimentos.

José Albino Silva Mendes, de 45 anos e Tiago Reis Mendes, de 14 anos, foram vítimas de acidente de trânsito em Itapecuru-Mirim. As vítimas eram moradoras de Arari.

Na madrugada deste domingo (2), o corpo de Wellington dos Santos foi dado entrada no IML.

Raimundo Branco, morto na Raposa, foi assassinado a pauladas.

Will Silva Nascimento, morador da Vila Palmeira, foi vítima de arma de fogo. Chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

O cadáver de João Nilson Correia Nogueira, de 20 anos, foi encontrado por moradores do bairro Pirâmide, no município de Raposa. A vítima teria sido morta a pauladas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário