domingo, 30 de dezembro de 2012

Deputado Léo Cunha participa da inauguração da nova UPR de Imperatriz

 
Como estava previsto, foi inaugurado na manhã dessa sexta-feira (28) o prédio anexo da Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Imperatriz, com capacidade para 160 presos. A obra faz parte da política de construção, ampliação, restauração e adaptação de unidades carcerárias da Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap).
A nova estrutura possui 30 celas, onde cada uma tem capacidade para oito detentos, sendo que deste total 10 celas serão reservadas para encontro íntimo e as outras 20 destinadas aos apenados. Um moderno sistema de monitoramento de toda a estrutura prisional foi também entregue, permitindo assim uma melhor vigilância por parte dos carcereiros sobre os presos.
Estiveram presentes, além do secretário de Justiça e Administração Penitenciária, Dr. Sérgio Tamer, o gestor no Sul do Maranhão, Valmir Alves, e o diretor prisional Francisco Firmino, várias autoridades políticas, entre elas o prefeito Sebastião Madeira (PSDB),  e o deputado estadual Léo Cunha (PSC).
Para o secretário Sérgio Tamer, as 160 vagas são importantes para a melhoria do sistema carcerário, pois vai receber parte dos presos provisórios que estão nas delegacias e também parte dos presos que estão em são Luís, mas são oriundos desta região, e assim ficam mais perto de seus familiares, permitindo assim a ressocialização destes detentos. Isso além de cumprir a promessa do governo do estado, que em audiência pública ficou responsável pela ampliação e execução da obra da antiga CCPJ.
O deputado Léo Cunha (PSC) falou aos presentes na solenidade que é autor do projeto que visa à colocação de bloqueadores de celulares nos presídios do Maranhão, custo este das operadoras responsáveis pela implantação do sistema. Como também destacou a parceria das empresas de Imperatriz, que ao utilizarem a mão de obra carcerária, além de gerar salário para os presos, contribui também para reduzir o tempo da pena previsto em lei.
"Ano passado solicitei ao governo do estado que, a exemplo de São Luís, fosse instalada em Imperatriz a central de monitoramento, através de câmeras de vídeo, permitindo, assim, maior segurança da população ao transitar nas vias e logradouros públicos", frisou. (Assessoria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário