domingo, 30 de dezembro de 2012

“Gestão Madeira buscou a valorização dos servidores”, diz secretário

 

 
O primeiro mandato de Sebastião Madeira à frente da Prefeitura Municipal de Imperatriz chega ao fim com saldo considerado positivo pela comunidade. Redução de gastos e avanços junto aos servidores municipais são algumas das conquistas da gestão que se encerra na área da administração.
Em entrevista, o secretário municipal de Administração e Modernização (SEAMO), Iramar Cândido Lima, pontuou os avanços e melhorias em uma das áreas mais importantes da gestão Municipal.
De acordo com o secretário, a criação da UGEM viabilizou a redução de gastos com energia elétrica. “Conseguimos uma redução no valor da energia do Socorrão de 6% entre 2009 e 2011, no mesmo período o consumo de energia aumentou 22% do complexo Henrique de La Rocque foi reduzido em valor de 11% e o aumento de energia em kwh aumento em 36%.
Outra medida louvável, segundo o secretário, foi a implantação da nota fiscal eletrônica juntamente com a Secretaria da Fazenda.
Valorização do servidor, para ele, foi uma bandeira de trabalho adotada pela gestão Madeira. “Podemos destacar a antecipação da data-base de todos os servidores do município para o mês de março, sendo que antes a data era maio. Também a implantação do vale-tickt de 80 reais para os servidores da administração geral, esses servidores eram os únicos que não tinham, agora 100% dos servidores gozam deste benefício. Para professores e agentes de trânsito - 180 reais, Secretaria de Saúde - 110 reais, agentes de endemias e de saúde - 90 reais, da Secretaria da Fazenda - 120 reais”.
O secretário lembra ainda que a SEAMO facilitou o acesso ao crédito para os servidores. “Firmamos mais convênio com instituições financeiras dando opções para os servidores que queiram fazer consignados”.
Iramar lembra ainda que a gestão Madeira realizou o maior concurso da história de Imperatriz. “Com 29.636 inscritos e 711 vagas distribuídas em 120 cargos, asseguramos aos candidatos a participação em um processo seletivo dentro dos preceitos legais e a garantia de uma oportunidade de trabalho aos aprovados”, lembra ao anunciar que a homologação do concurso deve ser publicada em janeiro.
Em relação aos concurso anteriores, Iramar cita que foram convocados e efetivados 2.200 servidores dos concursos de 2006 e 2008, isso entre 2009 e 2012. “Devolvemos também a taxa de inscrição do concurso barrado pela justiça em 2008”.
Em relação aos servidores já atuantes, ele lembra que a pontualidade do pagamento dos vencimentos foi uma das principais marcas do governo Madeira. “Unificamos e mantivemos a folha de pagamento rigorosamente em dia, bem como a garantia de todos os encargos sociais dos servidores. Também mantemos o portal da transparência, do servidor onde ele pode imprimir seu contracheque.
No plano de cargos e carreira, ele informou que foram deferidos em 2012. “Entre as solicitações, 176 processos de mudança de nível, 187 processos de progressão salarial”, explica ao citar as oportunidades oferecidas aos jovens: “Temos convênios com aproximadamente 100 estagiários nos departamentos da prefeitura”.
Ao ser questionado sobre a o exercício da função de secretário, Iramar ressaltou o trabalho em equipe. “Penso que um secretário, bem como o prefeito, não consegue realizar um bom trabalho se não tiver uma boa equipe e nesse ponto eu gosto muito da minha. A administração de qualquer esfera, seja pública ou privada, deve cuidar primeiramente dos servidores, pois são eles nossos clientes, e são os próprios servidores que cuidam disso, a folha, os encargos, o patrimônio.” (Kayla Pacheco/ ASCOM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário