terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Governadora Roseana inaugura Avenida Pedro Neiva de Santana e visita obra da Suzano em Imperatriz

 

A governadora Roseana Sarney viajou à Região Tocantina, nessa segunda-feira (17). Na cidade de Imperatriz, ela visitou o canteiro de obras da fábrica da Suzano Papel e Celulose e inaugurou a nova Avenida Pedro Neiva de Santana, trecho da MA-122 que liga o município a João Lisboa. A obra de pavimentação e duplicação da estrada, também conhecida como Babaçulândia, com o investimento de R$ 12 milhões, garantirá mais agilidade e segurança para os motoristas que trafegam na via diariamente.
“Estou muito feliz de entregar esta obra. Sei que foi um serviço demorado, mas o nosso compromisso era fazer um serviço de qualidade. Agora, a avenida ficou pronta e bonita para todos o imperatrizenses”, declarou aos presentes a governadora.
Roseana Sarney, que foi recebida com uma festa em agradecimento ao benefício trazido pelo governo, cumpriu agenda na cidade acompanhada dos secretários Luís Fernando Silva (Casa Civil), Hildo Rocha (Assuntos Políticos e Cidades), Cláudio Azevedo (Agricultura, Pecuária e Pesca), Fernando Fialho (Desenvolvimento Social), Sérgio Macedo (Comunicação), José Ribamar Vieira (Gabinete Militar) e José Antônio Heluy (Trabalho e Economia Solidária).
A solenidade contou com presença de autoridade políticas, comunitárias e empresariais. Participaram os prefeitos Sebastião Madeira (Imperatriz), Dioni Alves (Senador La Rocque), e mais os prefeitos eleitos Marcelo Farias (Arame), Jairo Madeira (João Lisboa), José Aldo (São João do Paraíso), Ivanildo Paiva (Davinópolis) e Vagtonio Brandão (Buritirana). Também estiveram presentes o deputado federal Chiquinho Escórcio, o estadual Léo Cunha; e o presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, Hamilton Miranda.
O secretário chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva, destacou a beleza da nova Avenida Pedro Neiva de Santana. “Essa obra será, com certeza, um novo cartão postal para a cidade de Imperatriz. Porque é uma das mais importantes da cidade, urbanisticamente falando. É uma via que liga três importantes municípios da região e é um resgate da autoestima do povo de Imperatriz”.
A obra consistiu na duplicação da pista com a implantação de canteiro central e mais uma ciclovia. Para melhor durabilidade da camada asfáltica foi feita drenagem profunda e superficial com o acréscimo de sarjetas e meio-fio, além de a avenida possuir agora uma iluminação especial em toda a sua extensão. Há, ainda, sinalização vertical e horizontal, para garantir a segurança no trânsito.
O benefício gerado pela obra é visível. A doméstica Zilma Bezerra da Costa não conseguia esconder a admiração de ver a obra pronta. “É maravilhoso! Eu conheço a dificuldade dos motoristas que trafegavam nessa estrada. O tanto de buraco que tinha aqui, o que causava muitos acidentes porque o motorista desviava de um buraco e caía em outro. A obra está excelente, de primeira qualidade”.
Visita à Suzano
Ainda na tarde dessa segunda-feira (17), a governadora visitou o canteiro de obras da fábrica Suzano Papel e Celulose, que está sendo construída no município de Imperatriz. Na oportunidade, os dirigentes da fábrica falaram sobre o andamento das obras e benefícios já gerados por sua instalação em Imperatriz.
No local, a governadora e sua equipe foram recebidos por funcionários a empresa; pelo gerente executivo de Relações Institucionais da empresa, Jorge Cajazeira; e pelo engenheiro responsável pelo projeto, Carlos Eduardo de Almeida Barros.
Roseana Sarney declarou que muito lutou para que a fábrica fosse instalada no Maranhão e que quer acompanhar o serviço de perto. “Vejo que as obras estão bem adiantadas e que mais de mil homens estão trabalhando aqui nesta obra, a qual, quando estiver funcionando, irá gerar uma economia muito pujante para a região. Todos nós sabemos que esta é um empreendimento importante e que mudará a cara de Imperatriz e da Região Tocantina”, ressaltou.
O engenheiro Jorge Cajazeira explicou à governadora detalhes da obra e enfatizou que o processo de terraplanagem está quase no fim, já tendo sido iniciado o serviço de estaqueamento. Segundo ele, a superfície de 180 hectares está sendo preparada para o início da construção propriamente dita da fábrica. “Agora, estamos colocando as vigas ou estacas que dão a sustentação de uma parte importante da estrutura”, explicou Cajazeiras.
De acordo com o engenheiro, ao final de 2013, a fábrica estará em pleno funcionamento. Será uma das mais modernas do mundo, com capacidade para produzir 1,5 milhão de toneladas/ano de celulose para exportação, totalmente autossuficiente. As obras da planta industrial foram iniciadas em abril deste ano. Segundo a Suzano, dos 1.800 trabalhadores empregados, mais de 70% são da Região Tocantina.
O engenheiro Jorge Cajazeira também destacou as ações do Programa Capacitar. Desenvolvido em parceria com o Governo do Estado e entidades locais, oferece aulas gratuitas nas áreas de Construção civil e Montagem industrial em cinco municípios. Até agora, já são mais de 1.500 alunos formados e 1.110 em sala de aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário