domingo, 2 de dezembro de 2012

Roberto Gurgel Engavetador Geral da Republica emperra o processo de cassação de Roseana Sarney

O jornalista Paulo Henrique Amorim, destacou ontem em seu blog Conversa Afiada sobre uma provável troca de favores entre o coronel e o sósia de Jô Soares, para retardar o julgamento que pede a cassação de sua filha.

No relatório da ‘CPI do cachoeira”, Roberto Gurgel é acusado por crimes constitucional, legal e funcional. A aprovação do relatório, nesse ponto, levará a questão à Comissão de Constituição e Justiça do Senado, competente para processar o procurador-geral por crime de responsabilidade.
O procurador é suspeito de ser conivente com as atividades criminosas de Cachoeira pq manteve engavetadas as denúncias da operação Vegas. Diz o jornalista; “ Gurgel, mantém outros problemas na gaveta. Há quase 100 dias guarda o processo enviado ao MP no qual a gov. Roseana é acusada de assinar convênios com as prefeituras no valor aproximado de R$ 1 bilhão. Cabe a ele dar um parecer que pode levar Roseana a perder o mandato. Há quem veja nessa morosidade um conluio entre os dois. José Arantes, assessor parlamentar do procurador-geral, foi assessor parlamentar de Sarney na Presidência da República. Seria apenas um detalhe curioso”?
blogue Paulo Henrique Amorim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário