segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Sampaio vence MAC e conquista a Copa União

Com gol nos acréscimos e a vitória por 1 a 0, o Tricolor faturou a inédita Tríplice Coroa.
 
Foto: Arte: Mauricio Araya / Imirante
SÃO LUÍS – Campeão maranhense, campeão brasileiro e agora campeão da Copa União. No melhor ano em seus 89 anos de história, o Sampaio Corrêa faturou o seu terceiro título em 2012 neste domingo (2), ao vencer o rival Maranhão Atlético por 1 a 0, conquistando assim a inédita Tríplice Coroa do futebol maranhense. E o triunfo tricolor veio com grandes doses de sofrimento: o Sampaio conseguiu a vitória aos 46 minutos do segundo tempo, com o lateral Denílson marcando o gol do bicampeonato da Copa União.

Depois de um ano histórico, o Sampaio Corrêa agora pensa na temporada de 2013. O Tricolor disputará, além do Campeonato Maranhense, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série C. O Maranhão Atlético também terá três competições no próximo ano, já que garantiu a vaga para a Copa do Brasil com o vice-campeonato da Copa União. Além disso, o Quadricolor disputará o Campeonato Brasileiro Série D, após sete anos longe da competição nacional.

O jogo

Precisando vencer para faturar a Tríplice Coroa, o Sampaio foi, logo de cara, ao ataque. As melhores chances tricolores eram os lances de bola parada, principalmente com o meia Kléo. O Maranhão, tendo a vantagem do empate, se fechou na defesa desde o início, esperando o momento do contragolpe para tentar ampliar a vantagem. Sem grandes chances das duas equipes, o grande acontecimento do primeiro tempo foram as substituições do Sampaio por causa das lesões de Robinho e Thiago Miracema.

No segundo tempo, o cenário permaneceu o mesmo, com o Sampaio atacando e o MAC tentando segurar o empate sem gols que lhe daria o título. Sem muita inspiração no ataque, o Tricolor não conseguia furar o bloqueio maqueano. Entretanto, aos 46 minutos, em um bate-rebate na área, Denílson desviou a bola para o fundo das redes, para marcar o gol do bicampeonato e da Tríplice Coroa tricolor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário