terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Deputados viajam pelo país em busca de apoio para presidir Câmara

Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Júlio Delgado (PSB) já estão na estrada.
Rose de Freitas (PMDB) concentrou esforços em Brasília; eleição é dia 4.
Dois dos três candidatos que disputam a presidência da Câmara dos Deputados colocaram o pé na estrada em busca de apoios para a campanha. Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e Júlio Delgado (PSB-MG) estão indo pessoalmente aos estados em busca de apoios. Também na disputa pela presidência, Rose de Freitas (PMDB-ES) concentrou os esforços em Brasília, onde está mantendo contatos com seus apoiadores.

Júlio Delgado (PSB-MG), Rose de Freitas (PMDB-ES) e Henrique Alves (PMDB-RN), que devem disputar comando da Câmara em fevereiro (Foto: Agência Câmara/Agência Brasil)Júlio Delgado (PSB-MG), Rose de Freitas (PMDB-ES) e Henrique Alves (PMDB-RN), que devem disputar comando da Câmara em fevereiro (Foto: Agência Câmara/Agência Brasil)
A eleição que vai escolher o novo presidente da Câmara está marcada para 4 de fevereiro. O primeiro a dar início à peregrinação em busca de votos foi Júlio Delgado. Nesta segunda-feira (14), o deputado esteve em Minas Gerais, onde conversou com o governador Antonio Anastasia e parlamentares da bancada mineira.
No final da tarde, Delgado retornou a Brasília, onde fará mais uma série de contatos. Ainda nesta terça (15), o deputado vai para Manaus. A agenda da semana ainda inclui visitas a Pernambuco, Paraíba e Pará.
"Estou trabalhando muito. Não poderia deixar de começar em Minas, que é a minha terra. Estou mostrando aos parlamentares meu plano de trabalho para reerguer a Casa Legislativa", disse o parlamentar.
Henrique Eduardo Alves, nome que tem o apoio do PMDB para o cargo, começa a busca de apoios nesta terça por Porto Alegre. Lá, ele deve se reunir com o governador do estado, Tarso Genro, e com parlamentares da bancada gaúcha. Ainda nesta semana, o deputado vai apresentar seu plano de trabalho em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.
Alvo recente de denúncias, de que um de seus assessores teria se beneficiado com recursos de emendas parlamentares destinadas pelo deputado para obras no Rio Grande do Norte, o parlamentar procurou evitar a imprensa nesta segunda.
A assessoria do deputado negou que ele tenha cometido alguma irregularidade, e afirmou que a campanha pela presidência da Câmara será intensificada nos próximos dias.
Única mulher na disputa, a vice-presidente da Câmara, Rose de Freitas, tem realizado diversas reuniões em Brasília. Com o retorno do presidente do Congresso, José Sarney (PMDB-AP), à capital nesta segunda, a deputada pretende intensificar as agendas fora de Brasília.
Minas Gerais deve ser o primeiro estado visitado pela deputada para apresentar seu plano de trabalho na disputa pela presidência da Câmara. Por enquanto, Rose tem permanecido mais tempo em casa, de onde telefona para aliados, recebe apoiadores e distribui seu plano de trabalho.
"Onde for possível viajar, eu irei [...] Quero mostrar meu plano e conquistar apoios. Não sou de fazer jogo de adivinhação de quantos votos tenho. O que importa são os apoios", disse a deputada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário