quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Sampaio vai a Buenos Aires para tentar fechar negócio com Riquelme

 

Mesmo sem empolgar o técnico do Palmeiras, meia argentino de 34 anos tem boas chances de aceitar a proposta do Verdão

Juan Román Riquelme Boca Juniors (Foto: Reprodução / Site Oficial)
Juan Román Riquelme estuda proposta do Verdão
(Foto: Reprodução / Site Oficial Boca Juniors)
O Palmeiras não desiste de ter Riquelme. A negociação é complicada, o Fluminense também sonha com o craque argentino, mas o Verdão segue na briga para ter o meia de 34 anos. Tanto que o gerente de futebol do clube, César Sampaio, viajará para Buenos Aires até quinta-feira para se encontrar pessoalmente com o atleta e seu procurador, Daniel Bolotnicoff. Tudo para tentar formalizar o acordo e anunciar a terceira contratação para a temporada 2013. Os outros reforços que chegaram ao Verdão foram o goleiro Fernando Prass e o lateral-direito Ayrton.
O otimismo no Palestra Itália é grande. Nas conversas que foram intensificadas entre a diretoria e o representante do atleta, a negociação avançou bastante. O Palmeiras acena com aproximadamente R$ 430 mil mensais para seduzir o atleta, que não disputa uma partida oficial desde 4 de julho de 2012, quando defendia o Boca Juniors e disputou a decisão da Taça Libertadores da América, vencida pelo Corinthians.
O valor dos salários, de acordo com um projeto de marketing montado pelo diretor Rodrigo Geammal, será pago por parceiros do Verdão. Isso porque o departamento de futebol está proibido de fazer investimentos sem apresentar garantias bancárias.
A ida de um dirigente alviverde até a capital argentina foi um pedido do atleta, que, com isso, quer sentir que faz parte do projeto de reestruturação do time paulista. O clube terá quatro torneios pela frente no ano: Campeonato Paulista, Taça Libertadores da América, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da Série B.
Nos últimos dias, o Verdão esperou ansiosamente por uma resposta de Riquelme, que estava viajando e atrasou a definição de seu futuro. O agente do jogador disse a dirigentes do Palmeiras que os números passados pelo clube teriam agradado ao seu cliente. Mesmo assim, o negócio não é tão fácil de ser fechado.
O Palmeiras insiste em investir no meia argentino porque quer uma referência em seu elenco para 2013. Os sucessivos problemas de Valdivia fizeram o clube perder a paciência com o chileno. A possível chegada de Riquelme representaria a experiência que o clube tanto quer para 2013. Mesmo assim, o técnico Gilson Kleina não mostra entusiasmo com a contratação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário