terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Zezé Polessa lamenta morte de motorista com quem teria discutido na Globo

 

Zezé Polessa lamenta morte de motorista com quem teria discutido na Globo


  • Zezé Polessa lamenta morte de motorista com quem teria discutido na Globo - 1 (© AGNews)
     
     
     
    Zezé Polessa se envolveu em uma grande polêmica nesta terça-feira (15). Um motorista terceirizado da TV Globo sofreu um infarto horas depois que a atriz teria gritado com ele por um erro de trajeto até o Projac, o complexo de estúdios da emissora em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. A informação é do colunista Leo Dias, do jornal carioca "O Dia".
    O nome da atriz foi diretamente ligado à morte do senhor Nelson por conta de uma crise de estresse que ele teria sofrido após ela supostamente gritar aos quatro ventos que não queria mais ser atendida por ele, afirma a publicação.
    No começo tarde desta terça-feira, o Purepeople entrou em contato com Zezé, que estava no estúdio esperando para gravar como a Berna de "Salve Jorge" e pediu para retornar a ligação depois. Depois, desligou o celular. A assessoria da atriz enviou uma nota, também nesta terça-feira, na qual esclarece o assunto (leia na íntegra):
    "Conheci o senhor Nelson há pouco mais de um mês e neste período ele me atendeu algumas poucas vezes, como ontem. Era um senhor extremamente educado e gentil. Quando soube de seu falecimento, fiquei muito triste. À família, toda minha solidariedade e carinho", diz Zezé no comunicado oficial.
    Sobre a discussão citada pelo colunista, a assessoria esclarece ao Purepeople: "Ela não discutiu. A Zezé é uma pessoa extremamente educada e jamais bateria boca com alguém".
    Entenda o caso:
    A atriz se dirigia ao Projac, na zona oeste do Rio, e passaria pela Barra da Tijuca antes de chegar ao trabalho, mas o motorista teria errado o trajeto e passou pelo Recreio dos Bandeirantes.
    Segundo o colunista, visivelmente insatisfeita, Zezé não teria poupado reclamações, ainda no carro. E, ao chegar no destino final, os estúdios da Globo, ela teria gritado para quem quisesse ouvir que não queria mais ser atendida pelo motorista.
    Ainda de acordo com Leo Dias, em seguida aos fatos o motorista começou a sentir dores no peito e falta de ar e foi levado ao hospital mais próximo. Lá, os plantonistas questinaram se ele havia sofrido alguma situação de estresse, por conta do quadro apresentado. Mas, mesmo com esforços não tiveram como salvar a vida dele. O motorista morreu na noite de segunda-feira (14).

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário