segunda-feira, 25 de março de 2013

Bacabal segura o Sampaio e garante vaga na final do turno

 

No dia do aniversário de 90 anos do Tricolor, o BEC surpreendeu e conquistou a classificação.
Foto: Arte: Mauricio Araya / Imirante
SÃO LUÍS – A festa estava armada para o Sampaio Corrêa, que comemorava nesta segunda-feira (25) os seus 90 anos de fundação. Bastava uma vitória simples, diante de sua torcida, no estádio Nhozinho Santos, para garantir uma vaga na final do primeiro turno do Campeonato Maranhense. Entretanto, faltou combinar com o visitante: o Bacabal. Com uma ótima atuação defensiva, o Leão do Mearim deu um verdadeiro presente de grego aos tricolores, segurou o empate em 0 a 0 e conquistou a classificação para a grande decisão do turno, já que venceu o primeiro confronto por 1 a 0, no Correão.

O Bacabal agora fará a “final do interior” do primeiro turno contra o Imperatriz, que se classificou após eliminar o Maranhão Atlético, também da capital. O primeiro jogo será nesta quinta-feira (28), em Bacabal, no estádio Correão, sendo que a última e decisiva partida acontecerá no domingo (31), no estádio Frei Epifânio. O Imperatriz, por ter melhor campanha na primeira fase, terá a vantagem de jogar por dois empates.

O jogo

Com um esquema diferente, utilizando três atacantes, ficou clara a intenção do Sampaio Corrêa no início do jogo: buscar o ataque e reverter a vantagem do empate obtida pelo Bacabal. E a pressão inicial até fez efeito aos nove minutos, com Célio Codó balançando as redes, mas a arbitragem marcou impedimento.

Mesmo com uma pressão sofrida no início, o Bacabal não se intimidou e, aos poucos, começou a impor seu jogo, mesmo com a vantagem do empate e atuando como visitante. Aos 21 minutos, o lateral Jonatan teve a primeira chance do Leão, mas Rodrigo Ramos evitou o gol da equipe do interior. Dois minutos depois, o Sampaio respondeu, com Eloir cabeceando para fora após cobrança de escanteio de Cleitinho. O Tricolor chegou novamente aos 31 minutos, com Edgar recebendo de Pimentinha e chutando para fora, perto do gol de Pablo.

Nos minutos finais da primeira etapa, o Bacabal apenas ficou na defesa, enquanto o Sampaio buscava ir para o intervalo com a vantagem no placar. Aos 42 minutos, Cleitinho cobrou falta na cabeça de Mimica, que cabeceou para fora e perdeu a última grande chance tricolor no primeiro tempo.

Bacabal se segura e garante vaga na final

Ao contrário do primeiro tempo, a etapa final do jogo começou com um maior equilíbrio, com o Bacabal equilibrando as ações no meio campo e tendo a primeira chance na volta do intervalo, com Cris, aos quatro minutos. Precisando da vitória e empurrado pelo apoio da torcida, o Sampaio acordou no jogo e teve uma grande chance aos 11 minutos: após bela jogada de Pimentinha pela direita, Célio Codó recebeu o cruzamento e subiu sozinho, mas cabeceou para fora.

Com o tempo passando, a pressão do Tricolor continuou e a rede quase balançou aos 16 minutos: após rebote de Pablo em cabeçada de Mimica, o atacante Cris agiu como defensor e evitou o gol de Célio Codó. Enquanto se defendia, o BEC buscava um gol no contragolpe, que quase veio aos 21 minutos, mas Anderson chutou cruzado, para fora.

As chances desperdiçadas deixaram tanto os torcedores quanto os jogadores do Sampaio nervosos, pressionando na base mais do desespero do que na organização. Edgar tentou duas vezes, aos 29 e aos 35 minutos, mas não obteve êxito. O Bacabal, no contra-ataque, teve uma boa chance com Cris, que foi derrubado pelo zagueiro Mimica na grande área, mas o árbitro Paulo Sérgio Santos Moreira não marcou pênalti.

Nos minutos finais, o Tricolor seguiu pressionando de forma desesperada em busca do gol que lhe daria a vitória e a classificação. Pimentinha, aos 40 minutos, até balançou as redes após rebote de Pablo em finalização de Júnior Chicão, mas a arbitragem marcou impedimento. Até mesmo o goleiro Rodrigo Ramos, já nos acréscimos, foi ao ataque nos lances de bola parada para tentar ajudar o Tricolor, mas os donos da casa não conseguiram tirar o zero do placar, para a festa da torcida visitante, que comemorou a vaga na final do primeiro turno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário