quinta-feira, 11 de abril de 2013

Mais um ônibus da VBL quebrado em João Lisboa

       

            Na manhã desta quinta-feira (11), mai um ônibus da VBL quebrou e foi guinchado. A  empresa foi condenada pela Justiça a substituir micro-ônibus por ônibus convencionais, com motorista e cobrador, e fazer pontos de ônibus, mas não vem cumprindo à risca a decisão judicial.

            Com o fim do prazo se aproximando em Imperatriz e João Lisboa, surgem perguntas que não sabemos se serão ou não respondidas, tipo se a empresa não atender as exigências será multada, terá o contrato rescindido ou ficará da forma que está? Não custa nada lembrar que os usuários têm direito a um transporte público de qualidade e o poder público tem o dever moral — e por força de leis– de oferecer esse serviço.

                        Depois que os usuários das cidades de Imperatriz e João Lisboa, se organizaram em movimentos nas redes sociais com chamado “# Fora VBL”. Passeatas e mais passeatas até que a Câmara resolveu abordar o assunto em audiência pública. O Ministério Público ao participar anunciou que já vinha investigando. Aliás, até reclamou da morosidade e pouco caso pelo poder executivo com o tema porque os prazos estão se esgotando, sem que nenhuma posição fosse tomada.

            Será se os prefeitos vão realmente tomar medidas judiciais cabíveis que poderia resultar até na quebra do contrato de concessão com os municípios de Imperatriz e João Lisboa.

            É esperar para ver.

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário