sábado, 8 de junho de 2013

Imperatriz contesta repasse da renda de jogo contra MAC


Da renda de R$63 mil, diretoria diz que R$ 41mil, ficou com a FMF, restando apenas R$22 mil para o time.
Diana Cardoso/Imirante Imperatriz
IMPERATRIZ – A diretoria do Imperatriz está insatisfeita com administração da renda do primeiro jogo da final do Campeonato Maranhense realizado na noite de quinta-feira (6). A logística e as finanças foram feitas pela Federação Maranhense de Futebol (FMF). Segundo a diretoria do Cavalo de Aço, compareceram ao Estádio Frei Epifânio, aproximadamente, 6 mil torcedores de um total de 9 mil ingressos colocados à venda.
De acordo com o presidente do Cavalo de Aço, Edivaldo Cardoso, na partida contra o Maranhão foram arrecadados R$ 63 mil, sendo que deste total R$ 41 mil ficaram com a FMF, restando apenas R$ 22 mil para o time do Imperatriz. O dirigente disse que o valor repassado ao time causou indignação aos jogadores e a diretoria que agora vai buscar recorrer a meios legais pela divisão correta da renda.
“A gente não aceita uma situação dessa, estamos procurando nossos direitos. Não houve prestação de contas. A Federação pegou toda o montante da renda e só repassou R$ 22 mil para o Imperatriz. Estamos insatisfeitos porque a parte repassada ao clube não dá nem para pagar as despesas”, contesta.
Ainda segundo informações de presidente, a FMF trouxe toda equipe de São Luís para administração financeira, e de logística. “Trouxeram seguranças pagando R$100 reais, sendo que na aqui pagamos R$50 reais para segurança local, tiveram gastos com hospedagem e alimentação desde terça-feira, taxas dobradas”, desabafa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário