terça-feira, 15 de outubro de 2013

Campos diz que Marina 'pode contar com o PSB como parceiro'


Declaração foi dada em post na página oficial do governador no Facebook.
Socialista assinou, em maio, documento para a criação da Rede. 

Eduardo Campos assina a ficha declarando apoio à criação da Rede Sustentabilidade, em maio de 2013. (Foto: Eduardo Braga/SEI)
Eduardo assinou documento em apoio à criação
da Rede em maio (Foto: Eduardo Braga/SEI)
O governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, disse nesta sexta-feira (4) que a Rede Sustentabilidade “pode contar com o PSB como parceiro para as mudanças que o Brasil precisa”. A declaração foi dada em um post na página oficial do socialista no Facebook.
Campos afirmou que assinou o documento a favor da criação da Rede, legenda idealizada pela ex-senadora e ex-ministra Marina Silva, pois seu partido possui vários pontos em comum, como “a construção de novas ideias e práticas políticas para um novo Brasil, mais transparente e humano”.
A lista que coletou assinaturas para a criação da Rede Sustentabilidade foi assinada por Eduardo em 14 de maio deste ano, na presença da própria Marina, quando os dois se encontraram na sede provisória do Governo de Pernambuco, em Olinda. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) barrou a criação partido na terça (3) alegando, justamente, falta de assinaturas.
De acordo com o tribunal, Marina comprovou apoio de 442 mil eleitores em assinaturas validadas pelos cartórios eleitorais, mas a lei exige 492 mil, o equivalente a 0,5% dos votos dados para os deputados federais nas últimas eleições. A assessoria de imprensa da Rede informou que não vai comentar a declaração de Campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário