domingo, 6 de abril de 2014

Arcade Fire e Soundgarden fecham Lollapalooza em SP neste domingo

 

Veteranos consagrados e nomes recentes no auge dividem programação.
New Order, Pixies, Jake Bugg e Johnny Marr também se apresentam.

 

Arcade Fire (Foto: Divulgação / Lollapalooza Chile)Arcade Fire (Foto: Divulgação / Lollapalooza Chile)
Roqueiros veteranos consagrados, como Soundgarden, e nomes mais recentes elogiados pela crítica, como o Arcade Fire, fazem o segundo e último dia do Lollapalooza 2014 em SP, neste domingo (6). O festival acontece no Autódromo de Interlagos. Outros ídolos antigos (New Order, Pixies, Johnny Marr) e artistas em ascensão (Jake Bugg, Ellie Goulding, Vampire Weekend) também tocam.
O festival começou no sábado (5), com Muse e Nine Inch Nails em destaque. Em 2014, o festival cresce de 120 mil metros quadrados (das duas edições anteriores, no Jóquei de SP) para 600 mil metros quadrados.
Arcade Fire X New Order
O Arcade Fire e o New Order tocam ao mesmo tempo, encerrando o evento. A coincidência de horários motivou uma petição online de fãs. A produção, apesar dos pedidos, manteve o horário.
O sexteto canadense Arcade Fire incentiva os fãs brasileiros a vestirem fantasias de carnaval para o show. O disco mais recente, "Reflektor", foi inspirado no carnaval haitiano. A banda fez o show mais aclamado do Lolla Chile. Acima do palco, enormes placas metálicas refletem a iluminação. É só um exemplo do cuidado com o espetáculo, que inclui cabeças gigantes de bonecos e percussionistas extras.
O New Order promete tocar uma música nova. Um faixa pesada e acelerada foi anunciada com pompa no Chile por Bernard Summer. “Nunca tínhamos tocado essa ao vivo antes”. Além disso, eles tocam sucessos próprios e do Joy Division, banda anterior dos músicos ingleses.
O Soundgarden tenta balancear o álbum mais conhecido, "Superunknown", que completa 20 anos, com o mais recente, "King animal" (2012). Cada um costuma ocupar um quarto do setlist. O resto deve se dividir entre os discos mais antigos e "Down on the upside" (1996).
Lendas e promessas do rock
Os Pixies tocam muitas músicas da sua fase mais famosa, no fim dos anos 80 e comecinho dos 90, e algumas do novo álbum "Indie Cindy". Johnny Marr toca alguns clássicos dos Smiths, dá alfinetadas no ex-colega Morrissey e mostra algumas dos trabalhos solo.
O Vampire Weekend chega ao Lolla com rock percussivo, letras intrincadas e moral alta. Eles lançaram em 2013 "Modern vampires of the city", eleito melhor disco do ano pela revista "Rolling Stone" e outras publicações. A banda feminina de pós-punk Savages também é queridinha recente da crítica, e faz show quase ao mesmo tempo do Vampire Weekend.
O Lolla tem duas atrações solo da Inglaterra em subida nas paradas. Ellie Goulding vai de batuques, danças enérgicas e o hit "Need your love", parceria com Calvin Harris. Jake Bugg deve mostrar postura blasé, folk rock cru e boas canções, como "Seen it all", da trilha da novela "Além do horizonte".
Trânsito e caminho entre os palcos
O melhor é não ir de carro. A organização do evento recomenda o uso de transporte público, que terá linhas de ônibus ampliadas, juntamente com opções de trem e metrô. No caso do automóvel individual, a produção incentiva caronas. .
Neste ano, os palcos estão mais afastados entre si. Entre o Palco Skol, principal, e o Onix, segundo maior, reserve pelo menos dez minutos para a caminhada. Caso precise ir do Onix ao Interlagos, reserve no mínimo quinze minutos. Grades e multidões podem fazer com que o tempo de percurso aumente.
  •  
Programação Lollapalooza 6 de abril (Foto: Arte/G1)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário