sábado, 5 de abril de 2014

Delegacia de Polícia Civil de João Lisboa sofre atentado a bala



 Um dia após assaltantes terem explodido os caixas eletrônicos da agência do Bradesco, a delegacia do município de João Lisboa, distante 12 km de Imperatriz, foi alvo de ataque na madrugada dessa quinta-feira (3). Segundo o monitor Deuzivan Mota, que estava de plantão no momento do ocorrido, a delegacia foi atingida por volta de 1h30. O tiro atingiu a porta de vidro do prédio. A casa de um policial militar lotado no Destacamento da Polícia Militar de João Lisboa também foi alvo de disparos praticamente no mesmo horário do ocorrido na delegacia. Um suspeito, identificado por Antonio Cláudio Sousa, vulgo “Mineirinho”, 20 anos, foi preso e conduzido à delegacia e apresentado ao delegado Jackson de Jesus. “Mineirinho” já tem passagem pela polícia por acusação de envolvimento com droga. Policiais civis da Delegacia de Entorpecentes estão investigando o caso. O delegado Jackson de Jesus informou a O PROGRESSO que existe a suspeita de quem seja o mandante do atentado à delegacia, como também à casa do policial militar. Seria um traficante conhecido em João Lisboa, que estaria insatisfeito porque está sendo investigado e teria contratado uma pessoa para efetuar os disparos como forma de represália. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário