domingo, 6 de abril de 2014

Douglas lembra gol anulado e espera voltar a marcar para se tornar ídolo

 

Dono da camisa 10, ex-Corinthians é uma das armas da equipe na final contra o Flamengo: 'É o jogo que todo mundo quer jogar', diz o meia

 
Por Rio de Janeiro
 
Vestindo a clássica camisa 10, Douglas está há apenas dois meses no Vasco e já se tornou fundamental para o time. A torcida aplaudiu, o técnico elogiou e, aos 32 anos, ele é o novo maestro do time. Com a aposentadoria do ídolo Juninho Pernambucano, Douglas tem assumido o lugar de referência no meio e pretende conquistar um cantinho na memória dos torcedores.

- Ele tem uma história muito bonita aqui dentro, até hoje a gente vê o torcedor cantando aquela música do (gol) monumental. A gente sabe o quanto ele foi importante para o clube. Estou começando a engatinhar ainda, mas espero, quem sabe um dia, me tornar ídolo aqui -  disse.
- Não pensei em Série B, não pensei em nada. Então eu vim mesmo para jogar. Para mostrar que eu ainda tenho condições de jogar numa grande equipe.
Douglas
Se para ser ídolo é preciso ser campeão, faro ele já tem. Ao todo já são 11 títulos conquistados entre Criciúma, Grêmio e Corinthians. São quatro estaduais, dois brasileiros na Série B, um da Série C, uma Copa do Brasil, uma Libertadores e um Mundial. Os principais troféus foram ganhos pelo Corinthians, mas nos últimos meses a fase não estava tão boa. Na reserva, Douglas vinha sendo criticado pela torcida. Chegar ao Vasco foi a oportunidade de um recomeço.
- Não pensei em Série B, não pensei em nada. Então eu vim mesmo para jogar. Para mostrar que eu ainda tenho condições de jogar numa grande equipe.
Na chegada ao Vasco, uma polêmica logo de cara: o que seria seu gol da estreia contra o Flamengo foi anulado.
- A gente fica chateado por tudo o que aconteceu. Mas pessoas erram também, tem que aceitar, são coisas do passado. A gente procura vivenciar o presente que é o momento importante
A chance de buscar esse gol contra o Flamengo está perto. Um gol que teria importância histórica, já que o time não conquista o título estadual desde 2003. 
 - É um jogo que todo mundo quer jogar, o Brasil inteiro vai estar assistindo. Dá um friozinho na barriga quando entra no gramado, mas depois que a bola rola, passa tudo. Agora é diferente, é final. Nervosismo e ansiedade mudam completamente a partida. Mas vamos trabalhar firme para trazer esse título para gente, vai ser importante.
Douglas Vasco x Flamengo (Foto: AE)Douglas Vasco x Flamengo (Foto: AE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário