segunda-feira, 7 de abril de 2014

Pedrinhas: mais uma mulher de preso é flagrada com celular nas partes íntimas


Grávida, Viviane tentou entrar em Pedrinhas com celular escondido na vagina
Grávida, Viviane tentou entrar em Pedrinhas com celular escondido na vagina
Mais uma companheira de preso foi flagrada tentando entrar no Complexo Penitenciário de Pedrinhas com um aparelho celular escondido nas partes íntimas. A autora foi Viviane Pereira Sales, 23 anos, detida neste domingo, na penitenciária, durante a revista feita em familiares que visitavam detentos.
O celular estava envolto em vários sacos plásticos. Viviane, que está grávida de sete meses, foi encaminhada por uma guarnição do Batalhão de Choque ao Plantão Central da Vila Embratel, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).
A ocorrência foi acompanhada por homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar, que desde o início do ano ocupa as unidades prisionais do Complexo de Pedrinhas para coibir fugas, execuções de presos e outros casos de violência perpetrados, principalmente, por membros de facções criminosas que disputam o controle do tráfico de drogas na região metropolitana de São Luís.
O reforço da segurança em Pedrinhas por homens do Choque e da Força Nacional fez reduzir significativamente a violência nas unidades prisionais que compõem complexo. A revista tornou-se mais rigorosa, tanto a parentes nos dias de visita quanto dentro das celas.
Ainda assim, celulares, drogas e até armas de fogo ainda entram nos presídios, mas em menor escala.
Celular estava envolto em pacote plástico, vendado com fita isolante
Celular estava envolto em pacote plástico, vendado com fita isolante; revista mais rigorosa permitiu flagrante

Nenhum comentário:

Postar um comentário