domingo, 25 de maio de 2014

Câmara aprovou instalação de caixa 24 horas no Fórum de João Lisboa




Vereador Nego da Edna solicitou que a superintendência regional do Banco do Brasil firme parceria com o Fórum Desembargador Nicolao Dino   


CÂMARA DE JOÃO LISBOA – A Câmara Municipal aprovou a reivindicação do vereador Nego da Edna (PHS), solicitando que à Superintendência Regional do Banco do Brasil em Imperatriz que, através da Agência do Banco do Brasil em João Lisboa, possa está firmando parceria com o Fórum Desembargador Nicolao Dino de Castro e Costa, através do seu Diretor Juiz Dr. Marlon Jacinto Reis, no sentido de instalar CAIXA 24 HORAS com atendimento compartilhado entre Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, nas dependências do mesmo, assim como existe no fórum de Imperatriz.

Nego da Edna, informa que os caixas 24h permitem o compartilhamento
entre as duas instituições acima mencionadas, o que facilita a vida dos cidadãos, que não precisarão se deslocar à longas distâncias, tendo em vista que os serviços bancários mais comuns, como saques e saldos, poderão ser realizados nos referidos caixas.

            O vereador lembrou ainda que a distribuição destes caixas deve se dá de forma estratégica, a fim de melhor atender a demanda. “Sendo assim, a instalação de um caixa 24h no referido Fórum contemplará pessoas de vários bairros adjacentes, tais como: Mutirão, Norte Sul, Alice Vieira e demais, facilitando a vida dos moradores e consequentemente desafogando o atendimento nas agências localizadas no centro da cidade”.
            A senhora Maria das Graças (52), moradora do bairro Norte Sul, parabenizou o empenho da Câmara de Vereadores, em especial o vereador Nego da Edna. “A Câmara esta de parabéns, principalmente o vereador Nego da Edna por tentar amenizar as dificuldades que nos estamos tendo, devido à falta de funcionamento de caixas eletrônicos nas duas agencias da cidade”.
            A população joãolisboense esta tendo que recorrer às cidades de Imperatriz ou Senador La Rocque. Para realização de transações financeiras. Quem mais esta sofrendo é o comercio local. Para alguns as vendas despencaram.

            O vendedor de lanches Bacurau, disse que ate ele, esta sentindo dificuldades nas vendas. “Com as pessoas indo para outras cidades, para realizarem saques de salários. Lá mesmo fazem suas compras. Enquanto que as vendas do comercio local fica fraca. Ate eu estou vendendo menos”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário