quarta-feira, 7 de maio de 2014

Prestes a completar 40, 'vovó sarada' corre 5 km, malha e pensa em 3º filho


Publicitária tem vida de atleta e está longe daquela matriarca convencional. 
Além de mãe de dois rapazes de 23 e 17 anos, ela tem neta de dois meses.

Simone Prates, avó 'sarada' de Piracicaba (Foto: Thomaz Fernandes/G1)Avó 'sarada' segue treinamento rigoroso para manter a forma física (Foto: Thomaz Fernandes/G1)
Prestes a completar 40 anos, a publicitária Simone Prates já é avó de uma menina de dois meses e mãe de Gustavo, de 17 anos, e Diego, de 23 anos. A moradora de Piracicaba (SP) foge completamente à ideia convencional de matriarca: tem seis tatuagens (e pretende aumentar a lista), faz musculação, corre e ainda pensa em ter mais um filho. Para seguir bonita e saudável, ela se alimenta e se comporta com a disciplina de um esportista.
Apesar de nunca ter tido problemas de peso ou de aparência, Simone disse só ter se tornado "atleta" nos últimos três anos, quando começou a namorar um rapaz apaixonado por esportes. "Meu namorado pedala e corre. Quando começamos, eu já fazia academia, mas não aguentava correr 100 metros. Agora passei a me alimentar melhor, treinar corretamente e sou apaixonada por corrida. Faço cinco quilômetros e tenho buscado melhorar o desempenho nessa distância", relatou a publicitária, que namora um editor de criação de 30 anos.
Simone Prates, avó 'sarada' de Piracicaba (Foto: Thomaz Fernandes/G1)Perto dos 40, Simone Prates tem tatuagens, malha e pensa em ter outro filho (Foto: Thomaz Fernandes/G1)
Curtindo ser avó
Simone disse estar "curtindo" o fato de ser avó, mas ainda não se habituou a ser chamada dessa forma. "Eu ainda não consegui usar essa palavra para a Manuela (a neta) ou com amigos. Estou adorando ser, mas a palavra me remete à minha avó, que era mais velha do que sou hoje, e era completamente diferente", contou.
O mais engraçado, conta, é que o namorado acaba fazendo as vezes de avô "postiço". "Eu ainda me vejo como mãe, mas o sentimento com a Manuela é diferente. Eu fico me perguntando se vou ser dessas que cuida da criança para os pais saírem. Acho que sim, pois eles são jovens."
Simone foi casada duas vezes e hoje mora sozinha, mas ainda pensa em aumentar a família, ou dar um novo tio para Manuela. "Eu penso em ter mais um filho, pois meu namorado tem vontade de ser pai. Quem sabe?", relatou.
Simone, os filhos e a neta em Piracicaba (Foto: Fernanda Zanetti/G1)Simone entre os dois filhos e a neta em
Piracicaba (Foto: Fernanda Zanetti/G1)
Proximidade com os filhos
Por ter sido mãe aos 15 anos, o filho mais velho completa 24 anos no próximo domingo (11) -- data do Dia das Mães -- e ela faz 40 anos em junho. Simone contou ter "crescido" enquanto criava Diego. Apesar de ter atrasado o período de estudos e a independência profissional, ela também relata vantagens pela pouca diferença.
"É legal, pois temos uma relação muito próxima ainda hoje. Com o mais velho eu já tenho uma amizade, e com o mais novo já é mais uma relação de mãe e filho mais forte. O amor e a preocupação com os dois sempre foi a mesma, mas o jeito de conversar é diferente", contou. O único "sofrimento" dos garotos por ter uma mãe jovem e bonita é o ciúme. "O mais novo é bem ciumento, mas o mais velho é mais tranquilo. Na adolescência, o Diego ouvia brincadeiras dos amigos e ficava bravo. Hoje em dia os dois se dão muito bem com meu namorado."
Não gosto quando as
pessoas passam e ficam
olhando para ela"
Gustavo Prates Sturion, filho caçula
Filhos
O estudante Gustavo Prates Sturion, o caçula, admite ter ciúmes da mãe. "Eu tenho bastante. Não gosto quando as pessoas ficam olhando para ela ou falam alguma coisa, do tipo paquerando." Em clima de descontração, o jovem disse que só liberou o atual namorado para ficar com a mãe. Já o filho mais velho, Diego Prates Bottene, relatou que não tem ciúmes de Simone.
Simone Prates, avó 'sarada' de Piracicaba (Foto: Thomaz Fernandes/G1)Simone, a avó 'sarada' de Piracicaba, malha em
academia da cidade (Foto: Thomaz Fernandes/G1)
Academia diária
Para manter os 54 quilos distribuídos no corpo "sarado" de 1,65 metro, Simone vai diariamente à academia e se prepara para corridas de fim de semana. Ela integra uma equipe de corrida aos sábados, mas segue planilha de treinos durante mais três dias e um programa de exercícios funcionais e musculação.
"Eu não quero ficar super musculosa ou uma 'panicat'. Meu propósito é me preparar para as corridas e estar melhor com o meu corpo. Eu já tive algumas crises de síndrome do pânico, por exemplo, e elas diminuíram muito depois que passei a me exercitar. Nunca imaginei que iria gostar tanto de correr", contou.
Sem anabolizantes, remédios milagrosos ou grandes sacrifícios, a publicitária disse que apenas controla a alimentação durante a semana e só se permite a comer chocolates ou comidas mais calóricas nos finais de semana. "Passei a melhorar minha alimentação, incluindo frutas, cereais e coisas mais saudáveis. Durante a semana cortei totalmente o chocolate e o açúcar. Passei a me cuidar mais."
Com relação à beleza, Simone ressaltou que não a persegue e nem tem segredos. "Beleza não é só externa, pra mim é um conjunto de fatores. Digamos que quando você está feliz, com a cabeça tranquila, fazendo as coisas que te deixam satisfeita, essa alegria faz você se cuidar mais, pensar mais em si e consequentemente melhorar tudo no externo."
Simone, os filhos Diego (à esquerda), Gustavo e a neta em Piracicaba (Foto: Fernanda Zanetti/G1)Simone, os filhos Diego (à esquerda) e Gustavo e a neta Manuela em Piracicaba (Foto: Fernanda Zanetti/G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário