Campanha “Maranhão com Nome e Sobrenome”, no município de Amarante
A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc), com o apoio de uma carreta do Viva Cidadão, realizou, este mês, no município de Amarante do Maranhão a campanha “Maranhão com Nome e Sobrenome. O primeiro passo para seus direitos”, com o objetivo de incentivar a emissão do Registro Civil de Nascimento e demais documentações básicas. A campanha contemplou as aldeias de Jussaral, Rubiacea, Barreira e Mucura, próximas à sede município de Amarante.
Durante a ação, foram emitidos cerca de 80 registros de nascimento com indígenas,de bebês a pessoas com mais de 90 anos. Houve, também, a emissão de RG e CPF para a população. A secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, Luiza Oliveira, destacou a importância da atuação da Sedihc nas aldeias próximas à Amarante. “É gratificante perceber o sucesso da nossa campanha de Registro Civil de Nascimento em localidades de difícil acesso. Estamos registrando pessoas que passaram a vida toda sem um documento tão importante para a cidadania”, afirmou Luiza Oliveira.
A coordenadora de Proteção e Defesa dos Direitos Humanos da Sedihc, Fernanda Oliveira, acredita que é uma grande realização profissional conseguir atingir de perto a Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento e Ampliação de Acesso à Documentação Básica. “Ter acesso a esses povoados e contemplar as comunidades indígenas com um serviço essencial a esses cidadãos, é de grande satisfação pessoal e profissional”.
A carreta do Viva Cidadão continuará emitindo documentação básica para a população no município de Amarante até quinta-feira (14). Na próxima semana, o mutirão para emissão do Registro Civil de Nascimento e documentação básica será realizada no município de Guimarães.