sábado, 16 de agosto de 2014

Violência aterroriza moradores do grande Lagoa Verde


Vereador Richard Silva clama por reforço da segurança pública

Imperatriz – O aumento da violência na região do povoado Lagoa Verde, situado à margem da BR-010 (15 km da sede), aterroriza os moradores que clamam por ações na área da segurança pública.
De responsabilidade do 14° BPM (Batalhão de Polícia Militar), o vereador Richard Wagner utilizou a tribuna para solicitar medidas para desarticular a onda de violência que nestas últimas semanas tem causado pânico aos moradores daquela região. “Em São Luís, fui ao comando-geral solicita reforço para segurança no Lagoa Verde, principalmente durante os finais de semana quando aumentam ocorrências de violência”, disse.
Ele observa que os casos de violência aumentaram de forma assustadora deixando os moradores da zona rural assustados, sem que providências sejam adotadas pelo aparelho policial em Imperatriz. “São muitos fatos acontecidos, uns atrás dos outros, com a omissão da ronda diária no Lagoa Verde”, afirma.
Richard Wagner propôs a todos os vereadores que assinem documento reivindicando ao ten.cel. Edeilson Carvalho, comandante do 14° BPM, sediado em Imperatriz, que sejam desenvolvidas operações policiais visando desarticular os criminosos. “Fui ao comando-geral, inclusive com o deputado estadual Antônio Pereira, mas até nunca fomos atendidos”, desabafa.
O vereador lamentou o registro de mais um homicídio ocorrido no povoado Centro Novo. “Existem pessoas que fazem assaltos em outras áreas da cidade, mas realizam ‘festas’ em nossa comunidade”, relata ele, ao citar que a partir das 19h os moradores fecham as portas das residências e evitam circular pelas ruas dos povoados Lagoa Verde e Centro Novo.
Insegurança – Ele sustenta que esteve no quartel da Polícia Militar para solicitar, por diversas vezes, reforça da segurança na área do povoado Lagoa Verde. “Conclamo aos 21 vereadores que assinem esse documento que reivindica, mais uma vez, providências contra essa onda de crimes em nossa região”, finalizou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário