Na segunda fuga de presos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, em menos de uma semana, vários detentos conseguiram escapar por um túnel do Presídio São Luís 1, na madrugada de hoje (17).
tunel-terraTúnel foi aberto numa das celas do Presídio São Luís 1 (Foto: Divulgação/PMMA)
Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) ainda não divulgou o número de presos que fugiram. Há informações desencontradas, que estimam esse número entre 8 e mais de 30 detentos.
Na semana passada – noite de quarta-feira, 10 –, 36 presos fugiram do Centro de DetençãoProvisória (CDP), o chamado “Cadeião”, também em Pedrinhas, após uma caçamba (caminhão basculante) derrubar parte do muro dos fundos da unidade.
A caçamba havia sido roubada horas antes, num bairro de São Luís, e o motorista obrigado aparticipar da ação criminosa. Três dos 36 fugitivos foram recapturados.
Em meio à rotina de fugas em Pedrinhas, agentes penitenciários do estado – servidores concursados que prestam serviço nas prisões – iniciaram hoje uma paralisação de advertência, de 24 horas.
A categoria reivindica a moralização da segurança pública no Maranhão e a valorização dos agentes, que têm sido substituídos, paulatinamente, nos presídios maranhenses, por monitores de empresas terceirizadas.