quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Colombiano Mendoza assina contrato por quatro temporadas com o Timão


Após atuar na Índia, atacante fecha com o Corinthians e chega no dia 5 de janeiro

stiven mendoza Chennaiyin india (Foto: Divulgação/ISL)Mendoza assinou contrato com o Corinthians por quatro temporadas (Foto: Divulgação/ISL)
O Corinthians acertou nesta quinta-feira a contratação do atacante Stiven Mendoza. O colombiano, de 22 anos, assinou contrato por quatro temporadas com o Timão e se juntará ao grupo no dia 5 de janeiro, data da reapresentação dos jogadores para o início da pré-temporada. Os valores da negociação não foram revelados. 
Depois de uma tentativa fracassada de se transferir para o Parma, da Itália, Mendoza foi atuar pelo Chennaiyin, da Índia, mesma equipe do brasileiro Elano e dirigida pelo ex-zagueiro italiano Marco Materazzi. Ele chegou ao clube em outubro e participou de nove partidas do torneio local, marcando quatro gols, mas encerrou a temporada lesionado. 
O colombiano foi indicado ao Timão por empresários e passou a ser observado via DVD. Os dirigentes alvinegros se encantaram pela velocidade e habilidade do jogador com a perna esquerda. Os dirigentes acreditam que teriam dificuldades em encontrar uma peça semelhante no mercado interno e por um preço baixo.
O Corinthians quer ter muita paciência com Mendoza. A diretoria considera o jogador uma nova "joia" e pensa em um plano de adaptação, sem que ele tenha de mostrar resultados imediatos ou seja usado como titular imediatamente. O atacante terá acompanhamento até fora de campo para se acostumar com o novo país.

O Timão conta agora com quatro jogadores estrangeiros. Além do colombiano, o elenco conta com o meio-campista uruguaio Lodeiro, o centroavante peruano Guerrero e o atacante paraguaio Romero.
Mendoza é o primeiro jogador a assinar contrato com o Corinthians para a próxima temporada. O clube está apalavrado com o volante Cristian e o lateral-direito Edilson. Nos próximos dias, o Timão espera acertar com o atacante Leandro, destaque da Chapecoense no Brasileirão. Restam detalhes contratuais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário