terça-feira, 23 de dezembro de 2014

O ocaso das escolas tradicionais de São Luís


Colégios que formaram gerações, Maristas, Batista, Sta Teresa e Dom Bosco mantêm tendência de queda na avaliação do Enen; Reino Infantil ainda é a melhor escola de São Luís


REINOO novo ranking do Enem para as escolas brasileiras traz uma dura realidade para o ensino no Maranhão – público ou privado: a melhor escola do estado, o Reino Infantil, ocupa apenas a 234ª posição nacional.
Ainda assim, é a melhor opção, apesar do ensino estritamente católico e do rigor conservador na hierarquia e disciplina.
Mas a realidade do Maranhão parece ainda mais cruel com tradicionais escolas do ensino privado, como Maristas, Batista, Dom Bosco e Santa Teresa, que vêm perdendo espaço ano após ano na formação da juventude de São Luís.
O Batista, ligado à igreja de mesmo nome, por exemplo, é hoje apenas o 23° colocado entre as escolas avaliadas pelo Exame Nacional do Ensino Médio. Outro colégio histórico, como o Maristas, é o 15º colocado.
O Dom Bosco, por sua vez, vem perdendo espaço ano após ano, e hoje é a 5ª colocada.
Estas escolas tradicionais estão sendo substituídas por outras, mas novas e com métodos mais avançados e modernos de ensino, a exemplo do Educallis (2° colocado); Upaon-Açu (4°) e Literato (6°).
Em épocas de matrículas escolares, é importante avaliar o ranking do Enem para decidir o que espera do filho.
Se alguém formado para vida ou se máquinas de passar em vestibular.
A escolha ainda é dos pais

Nenhum comentário:

Postar um comentário