Os deputados federais Simplício Araújo (SD), Carlos Brandão (PSDB), Hélio Santos (PSDB) e Domingos Dutra (SD) foram escolhidos pela revista VEJA, em parceria com o Núcleo de Estudos sobre o Congresso (Necon) do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Iesp – Uerj), os quatro maranhenses mais atuantes do parlamento em 2014, respectivamente.
No ranking nacional Hélio Santos aparece em sexto lugar, Domingos Dutra em 11º, Simplício Araújo em 22º e Carlos Brandão em 31º. No ranking da revista são levadas em conta propostas de ajustes na legislação capazes de contribuir para um país mais moderno e competitivo.
Os eixos de atuação considerados fundamentais para isso são: carga tributária menor, mais simples e sem impostos em cascata; infraestrutura (estradas, portos, aeroportos); combate à corrupção; melhor gestão do gasto público; sistema educacional universal e eficiente; marco regulatório claro e respeitado; simplificação de regras e poda da selva burocrática; governabilidade; e relações trabalhistas.
Pelo mundo afora, os vários indicadores que mapeiam as ações dos parlamentares tem o objetivo de definir o posicionamento dos congressistas em relação a temas-chave do cotidiano da sociedade.
A relevância disso é cristalina: de posse desses dados, é possível analisar comparativamente a atividade de deputados e senadores, desenvolvendo e testando hipóteses explicativas, e preditivas sobre o comportamento coletivo do Legislativo; ao mesmo tempo, eles possibilitam aos eleitores avaliar em que medida os parlamentares se aproximam – ou se afastam, evidentemente – dos seus pontos de vista.
O Necon desenvolveu uma metodologia que observa todas as etapas de uma proposição, de sua origem à votação final, com peso específico em cada uma das fases.