Anaílson terá mais um desafio em sua carreira: jogará em um time maranhense pela primeira vez
Ainda aprimorando a forma física, já que a técnica não se tem nenhuma dúvida, o meia atacante Anaílson, um dos mais consagrados jogadores produzidos no Maranhão, somente estreará com a camisa alvirrubro na segunda rodada do Estadual.
A estreia acontecerá no dia 8 de fevereiro, contra o Santa Quitéria, no Frei Epifânio. Além de jogar pela primeira vez no Imperatriz, Anaílson também estreará no futebol maranhense, já que em toda a sua carreira jamais jogou por um clube do Maranhão.
Aos 35 anos, Anaílson já tinha até anunciado sua aposentadoria como jogador profissional. Mas depois voltou atrás e em 2014 disputou o Campeonato Mato-grossense pelo União de Rondonópolis. E este ano resolveu aceitar o desafio e o convite do treinador Celinho para disputar o estadual pelo Imperatriz.  Nascido em Estreito, o atleta nunca jogou o Estadual, já que construiu toda a sua carreira fora do Maranhão, com destaque para as passagens por São Caetano, Atlético Goianiense e Seleção Brasileira Sub-17, pela qual foi campeão do mundo. Contratado pelo Imperatriz, Anaílson terá a responsabilidade de conduzir o Cavalo de Aço ao segundo título maranhense de sua história.
Em entrevista a O PROGRESSO, durante o intervalo do treino da última terça-feira, Anaílson falou do acerto com o Imperatriz, elogiou a nova equipe e comentou a experiência de jogar, pela primeira vez, um campeonato estadual por um time maranhense. “É um prazer fazer parte desse grupo. Será o meu primeiro Estadual em minha terra, fiquei incomodado por não ter disputado nenhum até agora e o desafio é esse. Vou me preparar bem para ajudar o Cavalo de Aço a fazer uma grande campanha”, disse.