sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Após matar esposa por ciúmes, PM comete suicídio

O soldado da PM (Polícia Militar) Danniel Abrão Sipliano, 30 anos, disparou contra a companheira, Agnes Cristine da Silva, 25 anos, e se matou após discussão conjugal na madrugada de ontem, em São Caetano do Sul, no ABC paulista. O casal estava separado havia 15 dias, mas, segundo familiares e amigos, o soldado não aceitava o rompimento.
O crime aconteceu no apartamento em que Danniel morava sozinho, na Rua Xingu, no bairro Santa Maria, desde que Agnes retornou para a casa da mãe, na mesma cidade.
casal
Conforme a polícia, na madrugada de ontem Agnes retornava de pizzaria com um amigo quando Sipliano a teria ameaçado com a arma e a levado para a antiga residência do casal. O amigo avisou a mãe de Agnes, que acionou a PM.
No local, os policiais encontraram a porta destrancada. Os corpos estavam na sala – Agnes deitada em uma poltrona e atingida por vários disparos e Sipliano com um tiro na boca.
casal 2
De acordo com informações de familiares, o militar era muito violento e possessivo e não aceitava o fim do relacionamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário