quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Neymar decide, e Barça elimina Atlético da Copa do Rei em jogo 'maluco'

Atlético de Madri x Barcelona - 9 vídeos

VEJA TAMBÉM

Emoção não faltou no clássico entre Barcelona e Atlético de Madri pelas quartas de final da Copa do Rei nesta quarta-feira. Foi uma partida 'maluca', marcada por lances curiosos, briga, expulsões, falha do zagueiro brasileiro Miranda e gols de Neymar que deram a vitória por 3 a 2 aos catalães, de virada.

A partida teve um primeiro tempo com praticamente de tudo. Todos os gols saíram na etapa inicial com direito a belas jogadas de Neymar e muita confusão no intervalo, com direito até a um jogador expulso e bate-boca de Neymar com Fernando Torres. Na etapa final, lances inusitados como a revolta de Turan que após perder a chuteira atirou o calçado contra o banco de reservas e a bandeirada que o lateral do Barça levou, sem querer, de um assistente.

O resultado, somado a vitória por 1 a 0 na última semana, colocou o Barcelona na semifinal da competição para enfrentar ou Villarreal ou Getafe.

Fases do jogo: 40 segundos. Esse foi o tempo necessário para Fernando Torres dar alegria para a torcida do Atlético de Madri ao marcar o primeiro do jogo e igualar a eliminatória. Mas o trio Neymar, Messi e Suárez apareceu com oito minutos para igualar o jogo. O lance começou com o argentino, continuou com o uruguaio e o brasileiro fez.

Os dez minutos intensos se acalmaram na sequência e os times passaram a atuar com mais calma. As chances diminuíram até que o juiz marcou um pênalti duvidoso em Juanfran. Mascherano derrubou o lateral do Atlético de Madri, mas o lance foi próximo da linha da grande área. Na cobrança, Raúl Garcia fez o segundo.

Nessa hora, o Barcelona voltou a tomar conta das ações ofensivas e empatou em um lance infeliz envolvendo Miranda. De canela, ao tentar afastar para frente, ele marcou contra. Na sequência, em um contra-ataque após uma bola bater no braço de Alba, Neymar apareceu novamente e cortou o goleiro de fazer o terceiro.

O fim do primeiro tempo deu início a confusão envolvendo diversos jogadores. Neymar, que provocou a torcida do Atlético de Madri após o gol, foi o principal alvo dos atletas. No fim, o juiz só deu cartão para Gabi, que foi expulso por ter ido tirar satisfação com a arbitragem já no túnel para o vestiário.

Um a menos e uma boa vantagem deixou o segundo tempo bem menos movimento. O Atlético de Madri até se arriscou, mas parou no goleiro Ter Stegen. Para ajudar, Mario Suárez foi expulso e o time ficou com dois a menos.

Melhor: Neymar – O atacante brasileiro foi decisivo na classificação do time. Ele foi às redes em duas oportunidades. A segunda delas, ele deu um belo corte no goleiro Moya antes de entrar com bola e tudo.

Pior: Miranda – Quando o Atlético de Madri vencia o jogo por 2 a 1, o zagueiro brasileiro cometeu um erro bobo ao tentar afastar a bola da área. Ela desviou na canela dele e entrou contra.

Para lembrar:

Cuidado aí bandeira! Jordi Alba foi tentar voltar ao gramado, mas foi surpreendido pelo bandeirinha ao ser atingido na cabeça enquanto o auxiliar tentava sinalizar.

Esquentadinho. Arda Turan ficou bravo quando Daniel Alves tirou sua chuteira em um lance. Mas, ao invés de vesti-la, ele resolveu jogar o artigo em direção ao banco de reserva.
Ampliar

Futebol internacional nesta quarta (28/1)15 fotos

6 / 15
Neymar comemora após fazer seu segundo gol contra o Atlético de Madri, no Vicente Calderón Leia mais AFP PHOTO/ GERARD JULIEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário