quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Santos seduziu Lucas Lima com aumento e 'projeto Seleção Brasileira'


Presidente do Peixe ofereceu, além de um reajuste salarial, um projeto para o meia, sugerindo que ele pode vestir a Amarelinha e ser vendido para clubes de ponta do exterior


Botafogo x Santos - Lucas Lima (Foto: Wagner Meier/ LANCE!Press)
O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, usou alguns argumentos para recusar a proposta do Torino (ITA) pelo meia Lucas Lima, de 24 anos, e segurá-lo no clube. Além de oferecer um aumento salarial, que o deixe no patamar de um dos jogadores mais importantes do elenco, a diretoria alvinegra também convenceu que ficar na Vila Belmiro pode ajudar o armador chegar à Seleção Brasileira e ser vendido para clubes maiores da Europa até o meio do ano.
Para isso, Lucas terá tratamento de estrela no Peixe, sendo destaque ao lado de Robinho, Gabigol e outros jogadores em ações de marketing do clube.
No ano passado, quando Lucas chegou à Vila Belmiro, ele fez 48 jogos, cinco gols e deu nove assistências, sendo titular absoluto sob o comando do técnico Enderson Moreira. Agora, mesmo com as chegadas de Elano e Ricardo Oliveira, que já têm reconhecimento no clube, a cúpula pretende tratar o meia como um de seus principais atletas.
A ideia de olhar para o mercado europeu no meio do ano vai ao encontro com o objetivo da Doyen Sports, fundo de investimentos que tem 80% dos direitos econômicos do jogador, que disse a Modesto que não faria pressão para negociá-lo.
Em uma futura venda, o Peixe poderá lucrar com os 10% dos direitos que tem sobre Lucas Lima, além de 20% sobre o que ganhar a Doyen. A outra parte pertence a empresa do representante do jogador, Khodor Soccer.
A permanência foi anunciada pelo Santos por meio de um comunicado no site oficial do clube. Veja.


Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/santos/Santos-Lucas-Lima-Selecao-Brasileira_0_1289271175.html#ixzz3PU52s0rG
© 1997-2015 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário