Mesmo sem ter acesso aos processos e contratos no período de transição, a Sinfra está correndo em busca de soluções emergenciais para os graves problemas na infraestrutura rodoviária do estado. Duas ações já foram determinadas pelo secretário Clayton Noleto para solucionar situações de alto risco em Caxias e Imperatriz.
Em Caxias será feito um levantamento técnico em um trecho da rodovia MA-034, conhecida popularmente como Estrada do Baú. Um buraco na cabeceira de uma ponte deixou a rodovia parcialmente interditada, oferecendo riscos aos motoristas. Com base no relatório técnico, as ações serão tomadas de imediato.
A outra foi a recuperação emergencial do trecho que dá acesso à ponte Dom Affonso Felippe Gregory, em Imperatriz. Vários acidentes já aconteceram no trecho entre a BR-010 e a ponte que dá acesso ao estado do Tocantins. Além do risco elevado, os buracos aumentam o custo de escoamento da produção maranhense para Tocantins e Pará.
“Estamos trabalhando muito, analisando contratos, verificando a legalidade, vigência, prazos, enfim, com muita determinação, mas sem açodamento, sem precipitação. É determinação do governador Flávio Dino que apresentemos com brevidade as soluções para os problemas de nosso povo, mas estritamente dentro da legalidade e com transparência”, explicou Clayton Noleto.
O secretário informou ainda que está recebendo informações de todo o estado e que as situações emergenciais, que exijam intervenção imediata da Sinfra, estão em constante avaliação. “As demandas são enormes, há muito o que fazer para melhorar a infraestrutura de nosso estado. Estamos trabalhando com muita determinação e criatividade para dar as respostas com a maior rapidez possível”, concluiu.