quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Testes pós-luta dão negativo, e Jones enfrentou Cormier 'limpo' no UFC 182 Campeão do UFC passa por exames "em competição" e está livre de punição



Confira as imagens do UFC 182, realizado em Las Vegas (EUA), que teve a vitória de Jon Jones sobre Daniel Cormier (Foto: UFC)
Jon Jones fez disputa de cinturão eletrizante contra Daniel Cormier no UFC 182 (Foto: UFC)
Após vir à tona o resultado positivo de um exame feito no dia 4 de dezembro que apontou que Jon Jones usou cocaína, a primeira dúvida do mundo do MMA era se o campeão meio-pesado do Ultimate perderia seu título. Um novo teste realizado na semana e depois de sua luta contra Daniel Cormier, no UFC 182, dia 3 de janeiro, confirmaria ou não a possível punição da Comissão Atlética do Estado de Nevada, uma vez que ele só poderia ser punido pelo segundo exame, feito em período caracterizado como "em competição". Três semanas após o confronto, os resultados foram revelados e o americano passou "limpo" em todos os testes aos quais se submeteu no período.
Segundo o diretor executivo da comissão, Bob Bennett, em entrevista ao site MMA Fighting, Jones foi testado para substâncias como esteróides e também para "drogas de rua" - o segundo foi o mesmo que flagrou o lutador no início de dezembro.
No início da semana, o campeão do UFC abriu o jogo em entrevista sobre o uso de cocaína, disse não ser viciado na droga, revelou que fez o uso da substância em uma festa e ainda explicou a passagem relâmpago pela reabilitação.
Com os resultados negativos dos exames pós-luta, Jones foi apenas multado pelo Ultimate por ter violado a política de conduta da organização. O valor pelo qual o campeão foi penalizado foi de US$ 25 mil (cerca de R$ 65 mil).




© 1997-2015 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário