domingo, 1 de fevereiro de 2015

Belfort se defende, cutuca Weidman e decreta: "Não luto pelo título interino"


Brasileiro lembra que já aceitou subir de categoria e enfrentar Jones com a mesma lesão que americano e afirma que enfrenta "qualquer um" se for pelo 

Com toda a polêmica sobre sua recusa em enfrentar Lyoto Machida no UFC 184 pelo cinturão interino dos pesos-médios após a lesão de seu adversário no evento, o campeão Chris Weidman, Vitor Belfort foi às redes sociais se defender. O lutador brasileiro publicou um longo post em sua página no Facebook, em que lembra sua trajetória para demonstrar que não tem "medo" de aceitar lutas com pouco tempo de antecedência, cutuca o rival Weidman e deixa claro: só quer lutar se valer o título linear da categoria, não o título interino.

Em caixa alta, Belfort afirma que seu foco "sempre foi o cinturão dos médios e subi a escada para buscar a minha posição", e que, por isso, não quer lutar pelo título interino.
- Mas se o UFC me der oito semanas e colocar o cinturão dos médios disponível para disputa, eu luto com qualquer um do ranking. Não luto pelo interino, luto pelo cinturão dos pesos-médios! - escreveu o lutador carioca.
Vitor Belfort MMA (Foto: Reprodução / Facebook)Imagem usada por Belfort no seu post para se defender das críticas: só luta pelo título linear (Foto: Reprodução/Facebook)
A afirmação é uma mudança de postura de Belfort, que, em setembro passado, pedia que o UFCcriasse uma disputa de cinturão interino para ele após Weidman sofrer uma lesão no joelho que adiou a luta entre eles de dezembro para fevereiro. O modus operandi do Ultimate nessas situações, todavia, é criar um cinturão interino apenas quando o campeão tem previsão para ficar mais de um ano afastado, o que, apesar de duas lesões seguidas do americano no mesmo camp, ainda não seria o caso - Weidman enfrentou Lyoto Machida em 5 de julho de 2014. O prazo para seu retorno após a lesão sofrida nas costelas ainda não foi revelado. 
Para tomar o cinturão linear de um campeão e colocá-lo em disputa entre dois outros lutadores, o UFC é ainda mais criterioso. Em janeiro de 2014, Renan Barão, então campeão interino dos pesos-galos, foi oficializado como campeão linear após Dominick Cruz, detentor anterior do cinturão, completar dois anos e dois meses sem lutar e se lesionar às vésperas de um combate para unificar o título.
O post ainda inclui um "cutucão" em Weidman, ao lembrar que, em 2012, Belfort aceitou subir de categoria e enfrentar o campeão, Jon Jones, com cerca de um mês de antecedência, mesmo sofrendo com uma lesão na mesma região que o campeão dos médios. Ele também cita que venceu Randy Couture e conquistou o cinturão dos pesos-meio-pesados em janeiro de 2004 menos de um mês após o desaparecimento de sua irmã, Priscila, no momento mais difícil de sua carreira.
Confira o post de Vitor Belfort na íntegra:
"Sobre o cancelamento da minha luta no UFC 184.
Gostaria de dizer que, assim como todos, estou muito decepcionado com toda essa situação.
Há exatamente um ano tenho visto o meu sonho de marcar história no UFC com meu 3º titulo mundial em uma categoria diferente adiado.
Vamos aos fatos:
- O UFC teve que remarcar 3 vezes a disputa pelo título mundial dos médios porque meu oponente se machucou. ( de maio/14 para julho/14- Weidman operou o joelho, de dezembro/14 para fevereiro/15- Weidman quebrou a mão, e de fevereiro/15 para possivelmente maio/15 - Weidman machucou a costela)
- MEU FOCO SEMPRE FOI O CINTURÃO DOS MÉDIOS E SUBI A ESCADA PARA BUSCAR A MINHA POSIÇÃO.
- Por isso não lutarei por um interino, mas se o UFC me der 8 semanas e colocarem o Cinturão dos Médios disponível para disputa, eu luto com qualquer um do ranking. Não luto pelo Interino, luto pelo Cinturão dos pesos médios!
- Estou neste esporte há 19 anos e nunca deixei o UFC na mão.
-Aceitei lutar pelo Cinturão dos Meio Pesados logo após o desaparecimento da minha irmã e fui campeão mundial assim mesmo.
-Me ofereci para lutar no UFC 152 contra Jon Jones com menos de 8 semanas de preparação, estava com a mesma lesão que meu oponente está agora e mesmo assim não deixei de lutar.
Gostaria de agradecer o suporte do UFC, da imprensa e dos meus fãs, sempre.
O meu foco continua no Cinturão dos Médios!
#thephenom #rumoaoterceirocinturao #andthenew #otbfight #9inewpp #tomakehistory".

Nenhum comentário:

Postar um comentário