sexta-feira, 17 de julho de 2015

“Coisa do Eduardo”


lobão
Lobão: palpite certeiro
O último depoimento do lobista Julio Camargo ao juiz Sergio Moro mostra como os métodos de Eduardo Cunha são notórios entre os que conhecem a fauna política de Brasília.
Em 2011, Camargo e o então ministro das Minas e Energia Edison Lobão teriam se encontrado na base aérea do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.
O assunto entre os dois seriam os requerimentos que, assinados pela ex-deputada Solange Almeida a pedido de Eduardo Cunha, propunham esquadrinhar contratos da Mitsui com a Petrobras. Na prática, os pedidos eram pura pressão para que a empresa continuasse pagando propina a Fernando Baiano e Cunha.
De acordo com o delator, assim que soube do que se tratava, Lobão nem pensou duas vezes:
– Isto é coisa do Eduardo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário