quinta-feira, 6 de agosto de 2015

7 rankings que de fato importam das melhores escolas do Enem

As melhores segundo outros critérios

Jovem com cartão de inscrição do ENEM 2014
São Paulo - O perfil das escolas que figuram ano a ano na lista das instituições que tiveram o melhor desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não muda. 
Elas são privadas, focadas em um público de classe alta ou média alta e estão locadas – em sua grande maioria – na região Sudeste. Das 20 mais bem posicionadas, 13 estão distribuídas pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Para se ter uma ideia, entre as 10 primeiras com melhor pontuação média nas provas objetivas do Enem, apenas uma abriga mais do que 90 alunos – o que pode revelar uma tendência de concentrar alunos com melhor rendimento em turmas específicas.
Um cenário distante da realidade de uma parte gritante das escolas públicas espalhadas pelo Brasil.  
As listas que você vê a seguir tentam mapear as outras instituições que se destacaram em diferentes cenários.
Os rankings levam em conta o tamanho da escola, o nível socioeconômico do público atendido e o número de alunos que efetivamente estudaram os três anos do ensino médio na mesma instituição de ensino.
Em tempo: a maior parte das escolas que figuram no topo do ranking não abrigaram necessariamente os alunos durante todo o ensino médio.
As escolas em todas as listas foram analisadas segundo o desempenho médio nas provas de redação, linguagens, matemática, ciências humanas e ciências da natureza, além dos critérios específicos de cada ranking. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário