quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Profissão Repórter mostra obras abandonadas e a situação vivida por alunos em Marajá do Sena



zz
O programa global Profissão Repórter mais uma vez envergonhou o Maranhão nacionalmente. Nesta terça-feira,11, a edição exibida mostrou obras abandonadas em Marajá do Sena e a situação vivida pela população e pelos alunos da cidade.
A renda mensal por habitante de Marajá do Sena é de R$ 96. É a cidade mais pobre do país, segundo o Atlas do Desenvolvimento Humano, que avalia as condições dos municípios brasileiros.
Na única escola da cidade, o pau de arara que leva as crianças de volta para casa no final do dia sai às 17h. O Profissão Repórter acompanhou o trajeto de quase 40 alunos. No meio do caminho, um trator precisa puxar os veículos que atolam. Quando chove, não tem como chegar. Já estava escuro quando o pau de arara conseguiu finalmente passar.
Transportar estudantes no pau de arara é proibido por lei. Todos têm que ter um assento e usar cinto de segurança.

Veja o vídeo;

Nenhum comentário:

Postar um comentário