sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Em Açailândia Flávio Dino lança programa e realiza abertura da Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia



Governador Flávio Dino esteve na tarde de quinta-feira (08), em Açailândia realizando a abertura da edição da Agritec, Território Cerrado Amazônico, acontece de 8 a 10 de outubro, é esta sendo a segunda feira do ciclo previsto para este ano, que ainda inclui uma edição em Caxias, Território Cocais, de 11 a 14 de novembro e Bacabal, Território Vale do Mearim, de 10 a 12 de dezembro.

“Trabalhamos diariamente para deixar as marcas da desigualdade e da exclusão social que estiveram em nosso estado por longos anos. Estamos articulando ações fundamentais para enfrentar dificuldades momentâneas no Brasil e só existe desenvolvimento verdadeiro se for para todas as pessoas”, disse o governador Flávio Dino.

O evento foi prestigiado pela classe politica do estado e  região tocantina, o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho, os prefeitos Chico Nunes (Senador La Rocque), Valdivino (Montes Altos), Jairo Madeira (João Lisboa), a vereadora Ozima Curi Rad (Senador La Rocque), o presidente Francimar Carvalho (Câmara de João Lisboa). Além do secretariado do estado:  Adelmo Soares (Agricultura Familiar), Simplício Araújo (Indústria e


Comércio), Clayton Noleto (Infraestrutura), Julião Amin (Trabalho e Economia Solidária), Márcio Jerry (Assuntos Políticos e Federativos), representantes do Sistema Agricultura (Aged, Agerp, Embrapa).

“A Agritec, que é um evento do Governo do Estado, com a parceria da Embrapa, Sebrae, poder público municipal e apoio de outras instituições. Com mais conhecimento por parte de quem está no centro do processo e ferramentas de inovação e tecnologia, esses produtos ganharão um incremento na qualidade e valor de mercado que, certamente, darão um novo horizonte para a agricultura familiar e agronegócio”, disse o superintendente do SEBRAE no Maranhão Martins.

Para a edição de Açailândia, o Sebrae mobilizou uma equipe de 40 analistas e consultores credenciados e será responsável ou terá participação em nove palestras, um painel e uma mesa redonda. 

Estas ações irão tratar de assuntos como empreendedorismo rural, programa Balde Cheio, criação de peixes em tanques escavados, produção de hortaliças, gestão de pequenas propriedades rurais e beneficiamento de frutas.


O governador também sancionou a lei que concederá carteiras de habilitação gratuitas a produtores rurais de baixa renda no estado. O número de vagas anuais a serem oferecidas será fixado através de Decreto do Poder Executivo e estarão distribuídas nos quatorze territórios que compõem o Programa de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário