sábado, 31 de outubro de 2015

Homem executado com onze tiros em canteiro de obra

Suspeitos usavam uniforme da mesma empresa da vítima 


Segundo boletim de ocorrência, a vítima saía do trabalho, quando foi surpreendida, baleada e morta em frente a porta do alojamento.
Testemunhas que estavam no local não conseguiram identificar os autores dos disparos, mas ouviram pelo menos seis tiros.
Ainda conforme o registro, uma testemunha teria visto dois homens correndo em direção a um conjunto de prédios. A dupla usava o uniforme da empresa de obras, mas ninguém no local soube reconhecê-los. A suspeita da polícia é de que alguém da obra forneceu o uniforme para o assassino se infiltrar sem chamar atenção e cometer o crime.
De cima dos prédios, vários funcionários da obra testemunharam o assassinato e viram dois homens correndo, um armado e o outro com capacete, dando a entender que fugiriam de moto.
A perícia esteve no local e contou onze perfurações, sendo cinco no tórax, quatro nas costas e duas no antebraço direito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário