Cairo/Moscou - Membros das equipes egípcias de busca e resgate encontraram mais de 100 corpos, incluindo de cinco crianças, em meio aos destroços de um avião russo que caiu na península do Sinai neste sábado, disse um oficial no local à Reuters.
"Agora vejo uma cena trágica. Um monte de mortos no chão e muitos morreram ainda atados a seus assentos", afirmou o oficial, que pediu anonimato.
"O avião foi dividido em dois, uma parte pequena na extremidade da cauda que queimou e uma parte maior que colidiu com uma rocha. Tiramos pelo menos 100 corpos e o resto ainda está no interior", acrescentou. O presidente russo,Vladimir Putin, declarou a data de 1o de novembro como um dia de luto nacional na sequência da queda do avião russo no Egito, divulgou o serviço de imprensa do Kremlin neste sábado.