quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Seminário de Turismo movimenta setor turístico de Grajaú e região


Segunda edição do evento contou com a presença de indígenas, empresários do setor turístico e representantes do poder público



A região central do Maranhão, onde estão localizados os oito municípios participantes do Polo Turístico das Serras, Guajajara, Timbira e Kanela, possui além de belezas naturais, uma cultura diversificada que encanta quem a conhece. As aldeias indígenas presentes em quase todas as cidades se aliam às lindas paisagens serranas e à cultura sertaneja típica e marcante. Tais belezas, ainda são quase que desconhecidas até pelos próprios moradores das cidades e inclusive pelos empreendedores locais.



Para mudar essa realidade de desconhecimento, a regional do Sebrae em Grajaú, em parceria com a Prefeitura Municipal realizaram no último dia 22, em Grajaú, o segundo Seminário de Turismo do polo regional das Serras, Guajajara, Timbira e Kanela. O evento contou com a presença de lideranças indígenas, representantes do Sebrae, das prefeituras municipais de Sítio Novo, Barra do Corda, Grajaú, Jenipapo dos Vieiras e Formosa da Serra Negra, além de empresários do ramo de hotelaria e alimentação.

O gerente de operações diárias do Sebrae Maranhão e representante da diretoria executiva da instituição, Mauro Borralho, destacou a importância desse evento para o desenvolvimento do turismo local. “Com esse evento, o Sebrae está chamando as pessoas a discutirem sobre as potencialidades da região e assim pensar alternativas, ações e estratégias que desenvolvam o Polo”, destacou.

Os presentes ao evento puderam ainda participar de duas palestras voltadas para o Empreendedorismo na área de turismo. O consultor Claudio Martins e a gestora do Sebrae em Balsas, Cecília Salata, apresentaram suas experiências com a energia renovável e o desenvolvimento dos pequenos negócios no setor turístico.

Para o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Indústria e Comércio de GrajaúEgon Schreiner, um evento como esse provoca mudanças no turismo que beneficiam não só a cidade de Grajaú, mas também colabora com o desenvolvimento da atividade em outros municípios. “A logística do turismo em Grajaú ainda é pequena, embora seja uma das mais desenvolvidas, e por isso o Seminário buscou também a participação dos empresários para que a rede de hotéis, bares e restaurantes se desenvolva para atender bem as pessoas que aqui chegarem”, afirmou.

Ao final do evento, os representantes das cidades e os indígenas que estavam fizeram exposição de produtos oriundos da cultura local como artesanato, pintura e trabalho em madeira. Os participantes também puderam conhecer o trabalho dos artistas da terra.

Fórum Regional de Turismo
Durante a programação do seminário também foi realizada uma reunião com os representantes do poder público dos municípios presentes, onde foram discutidas estratégias para melhorar o turismo nas cidades e também definir os interlocutores municipais que agirão em parceria com o interlocutor regional. Na reunião ficou definido ainda que o terceiro seminário será realizado em Formosa da Serra Negra, em abril de 2016.

Uma próxima reunião já está marcada para o dia 16 de novembro, em Barra do Corda, para que aconteça a posse dos representantes, a aprovação do regimento e a eleição da diretoria.

O interlocutor do Polo Serras, Guajajara, Timbira e Kanela, Ricardo Tamanini, destacou que este ano mais uma cidade participou e se mostrou interessada em desenvolver suas potencialidades turísticas. Além disso, ele afirmou que após a reunião, o Polo se mostra bem mais estruturado para seguir adiante. “O seminário ofereceu informações riquíssimas e fez com que enxergássemos que estamos em uma realidade de grande potencial turístico e que podemos desenvolver mais ainda. O evento nos acordou para que possamos dar os próximos passos com mais firmeza.”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário