quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Motorista em alta velocidade causa acidente grave no bairro Renascença

Testemunhas contam que a motorista saiu em alta velocidade do estacionamento do Shopping e atropelou um pedestre. Um outro veículo que passava pelo local perdeu o controle e também capotou

KARLOS GEROMY / O IMP / D A PRESS
Duas caminhonetes se envolveram em um grave acidente no início da noite desta terça-feira, na Avenida Colares Moreira, no bairro Renascença. Os veículos capotaram interditando a via sentido Cohafuma.
Testemunhas que estavam em uma parada de ônibus, próximo ao local onde ocorreu o acidente, afirmam que uma motorista identificada como Lizaura saiu em alta velocidade do estacionamento do Tropical Shopping, por trás de uma parada de ônibus. O veículo em que ela estava bateu em duas motos e atropelou um pedestre, identificado como Antônio Carlos, de 28 anos, e acabou capotando.


Outra Hilux que seguia pela avenida, também sentido Cohafuma, acabou perdendo o controle e capotou. A motorista identificada apenas como Temes, junto com Maria dos Aflitos, de 57 anos, ficaram presas entre as ferragens, tiveram ferimentos leves e foram socorridas por testemunhas e bombeiros.
No local, muitos estilhaços de vidros e gasolina espalhada pelo chão.
O pedestre ficou gravemente ferido e foi socorrido por agentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o hospital.
De acordo com o amigo da vítima, ambos estavam saindo do serviço, indo para a parada, quando foram surpreendidos pelo carro saindo em alta velocidade do Shopping.
Homens aproveitam acidente e roubam R$ 1 mil
Um homem identificado como Thiago Silva, presenciou o acidente e junto com mais dois homens se aproveitaram da situação e saíram levando a bolsa de uma das vítimas e R$ 1 mil.
Dois dos acusados conseguiram fugir. Thiago Silva que estava entrando em um carro foi pego pela população. O acusado estava sendo linchado pelas testemunhas, mas a polícia chegou e o prendeu.
No comando do primeiro sargento Matos, da 8º Companhia encaminhou o acusado para a delegacia.

Rodrigo Santos


Nenhum comentário:

Postar um comentário