quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Policia Militar realizou reunião sobre segurança publica em João Lisboa


Vereadores reivindicaram uma nova viatura e aumento no contingente policial

Regivaldo Alves
JOÃO LISBOA - No intuito de evitar possíveis assaltos a bancos. Ocorreu na manhã desta quarta-feira (03), na Câmara Municipal, uma reunião sobre Segurança Publica. Tendo como pauta o Combate ás Explosões de Instituições Financeiras.  Foi abordado ainda os recentes roubos e furtos de motos na cidade.
Estiveram presentes o presidente Francimar Carvalho, o promotor de Justiça, Fábio Henrique Meirelles, o Ten. Miguel Arcângelo, o gerente Josias Mota (Banco do Brasil), e o senhor Fernando de Sá Sousa (Bradesco), e a vereadora Val Mota.
“É salutar esse tipo de reunião, sendo essencial para troca de ideias. Fiz uma visita a barreira Policial e o local esta insalubre. Que o Comando possa esta realizando a reestruturação física e logística da mesma”, ressaltou o promotor Fábio Henrique Meirelles.
O presidente Francimar Carvalho, enfatizou que. “Vai providenciar a realização de uma Audiência sobre Segurança Publica. É necessário um maior investimento em segurança, devido a grande quantidade de vítimas. Segundo  o Artigo 144 da Constituição, é um direito. Enquanto isso o estado não esta realizando o seu papel fundamental que é de investir de forma direta em nossa cidade”.
A vereadora Val Mota destacou a necessidade de uma nova viatura. “Eu percebo uma grande dificuldade por parte da policia local em realizar efetivamente suas funções, principalmente no que diz respeito à realização de rondas e possíveis perseguições. O estado tem que enviar uma nova viatura e aumentar o contingente policial”.
Já o gerente do Banco do Brasil falou que o grupo que realiza as explosões as agencias bancarias sempre agem nas cidades que eles tem mais facilidade.
Para o Ten. do 14° BPM  Arcângelo, seria importante a realização de uma Audiência na Câmara para debater sobre segurança publica. “Infelizmente esta ocorrendo uma onda de assalto na cidade. Mais estamos trabalhando para coibir e prender esses criminosos”.  O Tenente assinalou que estava seguindo determinação do Maj. QOPM Cmt do 14° PM, e naquela manhã além de João Lisboa, estaria também em Senador La Rocque, com a mesma pauta.

Estatísticas
De acordo com o Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA), em 2016 já foram registrados 38 ocorrências, entre assaltos, arrombamentos e saidinhas bancárias. Do total, foram sete assaltos e 28 casos de arrombamentos a bancos, incluindo explosões a agências bancárias.

De acordo com a Seic, o número de assaltos a bancos diminuiu comparado aos quatro primeiros meses deste ano com o mesmo período do ano passado. De janeiro a abril de 2015, foram 37 assaltos a bancos contra 25, até o momento, neste ano. Em todo o ano passado foram 101 assaltos.
Em relação ao número de prisões, em 2015 foram 83 assaltantes presos e cinco mortos em confrontos com a polícia. Já este ano, foram presos 45 assaltantes e oito foram mortos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário