sexta-feira, 6 de outubro de 2017

CONTRA A VENDA DA ELETROBRAS - Evilasio Seledor representou o deputado Zé Inácio em audiência Publica em Imperatriz

PRIVATIZAÇÕES - A Câmara Municipal de Imperatriz foi  a primeira do Maranhão a debater em audiência pública a privatização do setor elétrico brasileiro como parte do movimento nacional de mobilização contra a venda da Eletrobras, a estatal brasileira responsável pela geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.

Participaram da sessão - dirigida pela Comissão de Defesa do Consumidor e realizada na manhã desta quinta-feira (05) no Plenário da Casa -, dirigentes do Sindicato dos Urbanitários do Maranhão (STU/MA), Evilasio Seldor membro do diretório estadual do PT,  trabalhadores da Eletronorte, lideranças indígenas, ambientalistas e representantes de deputados maranhenses.
Evilasio ressaltou o apoio do deputado Zé Inácio contra as privatização das estatais. “A Eletrobrás é a maior da America Latina em produção de energia elétrica. Sendo avaliada em 400 bilhões, e o governo ilegítimo quer vender por 20 bilhões. A venda da estatal pode causar o desemprego de 25 mil pessoas ate 2018. Causando ainda um aumento de 17% na conta de energia elétrica”.


Para Bruno Guajajara, do Conselho Nacional de Políticas Indígenas, a privatização da Eletrobras e da Eletronorte é uma grande ameaça à preservação das florestas, à cultura e ao patrimônio indígena brasileiro, além de um fator de instabilidade para manutenção das reservas indígenas na Amazônia.
Segundo ele, o prejuízo da privatização “é irreparável”, “tanto da parte das florestas que a gente protege, como, por sua magnitude, traz risco de extinção dos povos indígenas que são atingidos hoje pelos impactos do sistema elétrico brasileiro”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário